Buscar
  • Da redação

Parada Gay reúne milhões em São Paulo. Marília terá evento do gênero em setembro


Parada Gay em São Paulo e Juliana Belo, que organiza desfile LGTB em Marília, em setembro

Aconteceu nesse domingo (18) a 21ª Parada do Orgulho LGBT em São Paulo. No total, 19 trios elétricos desfilaram em trajeto que começou na Avenida Paulista e desceu a Rua da Consolação, chegando ao Vale do Anhangabaú. Segundo os organizadores, o evento reuniu 3 milhões de pessoas. A Polícia Militar não divulgou números.

O evento começou oficialmente às 12h30. O tema deste ano é "Independente de nossas crenças, nenhuma religião é lei. Todas e todos por um estado laico".

A Avenida Paulista ficou tomada pelos participantes, vários com fantasias especiais para o evento. A via também estava decorada, e as cores lembrando um arco-íris estão presentes em faixas de pedestres, em balões de gás e no Conjunto Nacional, prédio que é um dos símbolos da avenida.

Anitta e Naiara Azevedo se apresentaram em um dos trios elétricos. Junto com elas, na festa batizada de Chá da Alice, estavam Márcia Freire, ex-vocalista da banda Cheiro de Amor, e a cantora amazonense Lorena Simpson.

PARADA GAY EM MARÍLIA

A representante do movimento LGBT em Marília, Juliana Belo, disse ao JP que está prevista para o próximo dia 24 de setembro a realização de uma "Parada da Diversidade" aqui na cidade, reunindo esse público. O trajeto da "Parada Gay" em Marília será da Prefeitura até o prédio do Ganha Tempo, pela Avenida Sampaio Vidal. "Estamos organizando esse evento, cujo objetivo é reunir o público LGBT e simpatizantes em clima de harmonia, com foco voltado contra a homofobia e a discriminação", afirmou Ju Belo, que é pastora da Igreja da Diversidade, fundada em 2012 no Jardim Nacional, Zona Sul de Marília.

#paradagaymariliasetembro

1 visualização
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo