Buscar
  • Da redação

RADAR DO JP


VOLTA DOS COBRADORES? O vereador José Carlos Albuquerque (PRB) protocolou hoje uma Ação no Ministério Público Estadual, pedindo que as empresas de ônibus da cidade (Grande Marília e Sorriso de Marília) voltem a ter cobradores, conforme consta nas obrigações contratuais delas com a Prefeitura, em 2010. Os cerca de 300 cobradores foram dispensados pelas empresas em meados de 2014.

BRIGA PELO USO DO GINÁSIO I

Beto Cavalari e Eduardo Nascimento: disputa pelo uso do Ginásio de Esportes da Av. Santo Antonio

Há uma disputa interna no governo de Daniel Alonso (PSDB) entre os secretários de Esportes, Eduardo Nascimento e da Educação, Beto Cavalari. Isso pelo uso do Ginásio de Esportes da Avenida Santo Antonio. Nascimento quer a todo custo usar o espaço, que é administrado pela secretaria municipal da Educação, já que foi construído com verbas (cerca de R$ 27 milhões) do Fundeb.

BRIGA PELO USO DO GINÁSIO II O prefeito Daniel Alonso (PSDB) já teve que aparar arestas nesse rolo e “ficou do lado” de Beto Cavalari. Agora, Nascimento passou a articular na Câmara Municipal uma pressão para que o referido Ginásio passe a ser usado pela sua Pasta. A vereadora professora Daniela D’Ávila (que está em rota de colisão com Beto Cavalari) foi a primeira a aderir ao movimento de Nascimento, inclusive detonando a zeladoria do Ginásio. Outros vereadores já acenam a favor dos Esportes, nesse sentido.

PEDINDO DESCULPAS À MATRA Durante a votação de um projeto de lei sobre mudanças na Lei de Zoneamento, este ano, o presidente da Câmara, delegado Wilson Damasceno (PSDB) deu uma tremenda bronca no presidente da ONG Matra, Edgar Cândido Ferreira, que estava presente naquela sessão. Motivo: a Matra havia baixado o pau nos vereadores, pois não concordava com o tal projeto. Na sessão desta segunda-feira (7), Damasceno baixou a bola e pediu desculpas ao presidente da Matra. “Fui extremamente grosseiro”, reconheceu.

CARTINHAS Em meio à compra de mais um carro de luxo de R$ 100 mil e mais uma motocicleta zero quilômetro, de R$ 10 mil, a Câmara de Marília está gastando R$ 40 mil com envio de cartas pelos Correios.

RETOMADA DE ÁREA NO DISTRITO INDUSTRIAL A Câmara aprovou na sessão desta segunda-feira a revogação da doação de uma grande área doada para uma empresa de transportes no Distrito Industrial da Zona Norte. A doação havia sido feita em 2014 e a diretoria da empresa reconheceu que, diante da crise econômica, não teria condições de fazer as edificações na área. Tomara que este seja o fio da meada sobre muitas outras áreas na mesma situação, enquanto há tantas empresas esperando doações de áreas para investimentos.

PAU NOS DEPUTADOS SAFADOS

Nardi criticou o "espetáculo deprimente" na Câmara Federal

Na sessão camarária desta segunda-feira, o vereador Luiz Nardi (PR) desceu o pau nos deputados que votaram a favor do presidente Temer na sessão que impediu investigações de corrupção dele pelo STF. “UM espetáculo deprimente”, disse Nardi, sem citar nomes. Já o vereador Cícero do Ceasa (PV) criticou três deputados do partido dele que também votaram a favor do governo nesta questão. “Defenderam o Temer, ladrão, safado”, desabafou. O vereador Marcos Rezende (PSD) que “representa” o deputado Walter Ihoshi (que se diz de Marília) ficou quietinho. Ihoshi votou a favor do corrupto Temer e até comemorou as nojentas manobras que livraram o famigerado governo das investigações sobre a ladroeira.

ERRAMOS

Na publicação da última coluna RADAR DO JP, no dia 3 de Agosto, citamos o orçamento anual da Câmara Municipal. O valor correto é R$ 15.072.792,00, conforme consta no orçamento geral do Município deste ano.

#radarjoginasiocobradoresmarilia

2 visualizações0 comentário