Buscar
  • Da redação

Justiça notifica 8 partidos para acerto de contas. Risco de multas e exclusão das próximas eleições


Beneti, presidente do DEM, Eduardo Cardoso (o Barata) e Hugo Claro: intimados

O juiz da 400ª Zona Eleitoral em Marília, José Antonio Bernardo, concedeu, excepcionalmente, prazo improrrogável de vinte dias (a partir da publicação de um despacho dele em 10 de agosto) para que oito partidos políticos providenciem a regularização de documentos sobre a prestação anual de contas à Justiça Eleitoral, conforme determina a legislação específica (veja no link http://www.tse.jus.br/partidos/contas-partidarias/contas-partidarias).

Partidos políticos que não prestarem as contas anuais terão a anotação suspensa na Justiça Eleitoral e ficarão impedidos de disputar as próximas eleições, além de ficarem sujeitos ao pagamento de multas e outras sanções.

Os presidentes e os tesoureiros das legendas, nos casos de determinadas irregularidades, poderão ser responsabilizados civil ou criminalmente por prática de conduta dolosa que importe enriquecimento ilícito e lesão ao patrimônio do partido (art. 37, § 13, da Lei n° 9.096/95).

PARTIDOS NOTIFICADOS PELA JUSTIÇA ELEITORAL

- PSB: PRESIDENTE: Abelardo Camarinha Tesoureiro: André Luiz Sudaia (o Turquinho)

- PSDC: PRESIDENTE: Roberto Monteiro Tesoureira: Ivone da Silva

- PRP: PRESIDENTE: Rodrigo Ramos dos Santos Tesoureira: Marcela Gasparotto

- PEN: PRESIDENTE: Domingos Mariano Tesoureiro: André Luis Baldinotti

- PTN: PRESIDENTE: Talita Bigeschi Tesoureiro: Juliano Battaglia

- PR: PRESIDENTE: Hugo Claro Tesoureiro: Eduardo Cardoso de Matos (o Barata)

- DEM: PRESIDENTE: Hélio Benetti Tesoureira: Magda Rocha

- PROS: PRESIDENTE: Jackson Carlos dos Santos Tesoureira: Cineide Alcala


3 visualizações0 comentário