Buscar
  • Da redação

Bancária é morta à facadas em Tupã. Companheiro desapareceu


Débora com seu companheiro, que é vigilante do banco onde ela trabalha: assassinada à facadas

A bancária Débora Goulart Subires, 33 anos, foi encontrada morta na residência onde residia com o companheiro na Rua Tupinambás, Centro de Tupã. O corpo foi encontrado pelos policiais militares sargento Dias e cabo Henrique, por volta das 11h00 desta terça-feira, dia 22. A vítima, que estava vestida com roupas de academia, foi assassinada com três facadas. O atual companheiro da mulher, que não teve nome revelado, não foi localizado. O carro do casal também não estava na garagem da residência. O caso já é investigado pela Polícia Civil. Segundo consta, familiares tentaram falar com a tupãense e como não conseguiram o contato ligaram para a Polícia Militar. Os PMs foram até a residência e após entrarem no local encontraram a bancária já sem vida e com uma faca cravada no peito. A suspeita é que o crime tenha ocorrido na noite de ontem (21). (Informações Tupã city)


1 visualização
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo