Buscar
  • Da redação

Depois de muita polêmica, Prefeitura esclarece aquisição de duzentas linhas de celulares


Depois de mais de 36 horas da publicação no Diário Oficial do Município e muita polêmica na imprensa e nas redes sociais sobre a abertura de licitação pela Prefeitura de Marília envolvendo duzentas linhas de telefonia celular, a Assessoria de Comunicação emitiu uma Nota de Esclarecimento sobre o assunto.

VEJA O EDITAL:

EDITAL DE LICITAÇÃO N.º 115/2017. ÓRGÃO: Prefeitura Municipal de Marília. MODALIDADE: Pregão. FORMA: Presencial. OBJETO: Contratação de plano corporativo, de voz e dados e outros serviços adicionais de comunicação de longa distancia, mensagens curtas, telemetria e internet móvel, proporcional a 200 linhas, destinado à Secretaria Municipal da Fazenda. TERMO DE ALTERAÇÃO: Tendo em vista a solicitação constante do Ofício 014/2017, enviado pela Diretoria de Informática, fica corrigida a especificação do aparelho, Modelo 3, constante do Anexo I-A, Item 4.2. O conteúdo completo deste termo encontra-se disponível no site: www.marilia.sp.gov.br/licitacao. Informações na Divisão de Licitação – Av. Carlos Gomes 201 – Marília/SP (14) 3402-6126. LEVI GOMES DE OLIVEIRA Secretário Municipal da Fazenda

CELULARES – NOTA DE ESCLARECIMENTO

Para esclarecer as informações equivocadas relativas à abertura do processo licitatório das linhas telefônicas, a Prefeitura de Marília, por meio da Diretoria de Informática, informa que:

-- O plano corporativo foi contratado devido ao fato que o contrato anterior ter vencido e foi utilizado como base a mesma quantidade de 200 linhas, deixando claro que NÃO HAVERÁ COMPRA DE NENHUM APARELHO DE CELULAR, pois os mesmos serão enviados pela empresa ganhadora da licitação em forma de COMODATO, ou seja, A CUSTO ZERO para o município.

-- É bom deixar claro também que o contrato SOFRERÁ REDUÇÃO EM ATÉ 50% do anterior.

-- Foram solicitados 73 aparelhos que serão distribuídos de forma CRITERIOSA e TRANSPARENTE, pois após a liberação dos aparelhos será feita uma publicação de onde os mesmos serão utilizados.

-- 70% da utilização das linhas será para o roteamento dos PABXs de todas as secretarias, além do uso em centrais de alarme.

-- Os outros 30% será para o uso dos servidores, facilitando e otimizando o trabalho dos mesmos.

-- O objetivo principal será a REDUÇÃO DE CUSTOS, já que o valor da minutagem proposta cairá de 18 centavos (contrato anterior) e ficará entre 11 a 13 centavos.


2 visualizações0 comentário