Buscar
  • Da redação

Morre "Minhão", símbolo dos grupos de escoteiros do Colégio Cristo Rei


O Minhão, como era conhecido Jean Paul Lebau, faleceu neste sábado (9), aos 92 anos, na cidade de Paraguaçu de Minas. Minhão, ou também irmão Hermínio, foi líder e símbolo dos grupos de escoteiros do Colégio Cristo Rei. “Uma pessoa muito estimada na sociedade mariliense e que fez um trabalho invejável com jovens, sem contar a representatividade que tem no escotismo brasileiro”, considerou o presidente do clube rotário, o empresário Luis Eduardo Diaz. Irmão Hermínio foi homenageado pelo Rotary Clube de Marília Pioneiro com a Medalha do Pioneiro, destinada às pessoas da comunidade local que tenham sido pioneiros em alguma instituição que tenha relevância para a formação da sociedade mariliense. “Esta homenagem se deve em razão da influência que o Irmão Hermínio teve na formação de centenas de jovens que passaram pelo Colégio Cristo Rei e principalmente no Grupo de Escoteiros”, disse na oportunidade a empresária Vera Lúcia Marques da Costa, ao lembrar do início das atividades dele entre os escoteiros em 1962 na cidade de Marília. A HISTÓRIA Jean Paul Lebau nasceu dia seis de fevereiro de 1925, na cidade de Montreal, no Canadá. Em 1938 ele começou com as atividades de escoteiro, assumindo o grupo em Marília em 1962, sendo um dos coordenadores. Foi professor de Química e de Desenho, e também deu aulas de informática, sempre no Colégio Cristo Rei, onde faz parte da direção desde 1975. “Pessoa carismática, simples, educada, culta e de uma criatividade fora do comum”, recordou a historiadora e rotariana, Rosalina Tanuri, que teve a oportunidade de conviver com o irmão Hermínio por muitos anos, quando também fez parte do grupo de escoteiros de Marília. “É uma homenagem justa, pelo que ele representa para a cidade e pela passagem marcante e histórica no escotismo brasileiro”, frisou a historiadora ao lembrar que o grupo de Marília é o centésimo em formação no Estado de São Paulo, possuindo 130 jovens participantes, com 25 coordenadores.


33 visualizações0 comentário