Buscar
  • Da redação

Prefeito e filha gravam vídeo sobre lacração das rádios pela Justiça. "Voltaremos mais fortes&q


Prefeito Daniel e a filha, Daniele, com funcionários das rádios na manhã deste sábado

Após o Ministério Público Federal, com apoio da Polícia Federal, ter lacrado as Rádios Clube AM e Itaipu FM, na tarde desta sexta-feira (8) em Marília, o prefeito Daniel Alonso (PSDB) e a filha dele, Daniele Alonso (que gerencia as emissoras) gravaram um vídeo com funcionários das rádios.

"Olá amigos, na manhã deste sábado, eu vim aqui fazer uma visita à equipe da Rádio Clube e da Rádio Itaipu. Não vim como prefeito, vim como empresário e como amigo da família Clube e Itaipu. Todos sabem da nossa relação de mais de trinta anos, uma relação saudável de parceira, anunciante e apoiador dos eventos como sempre fez, como a Casa Sol e dizer que eu estou feliz com o trabalho que a minha querida filha Dani vem realizando nos últimos cinco meses com essa equipe de profissionais excelente".

Na sequência, Daniele Alonso falou que estava em nome da DN Produtora, que trabalha para Luciana Ferreira (dona das emissoras). "Gostaria de dizer a vocês que, em respeito à Justiça, a gente aguarda a Luciana voltar de viagem para que toda esta situação possa ser solucionada. Porém, eu quero dizer que venho realizando um trabalho com essa equipe de maneira muito transparente, muito íntegra e com muito respeito para que vocês possam ter uma qualidade de rádio que Marília nunca teve. Gostaria de pedir a vocês paciência, pois tenho certeza que voltaremos ainda mais fortes", disse Daniele Alonso.

O CASO

Conforme divulgado com EXCLUSIVIDADE pelo JP, as Rádios Clube AM e Itaipu FM foram tiradas do ar na tarde desta sexta-feira (8). A informação é que foi uma determinação do Ministério Público Federal, mas como o órgão não está funcionando hoje, por conta do ponto facultativo, aguarda-se uma nota informativa das empresas, que pertencem á Emissoras Coligadas e tem como proprietária a empresária Luciana Ferreira. Agentes estiveram na sede das emissoras, na Rua Carlos Artêncio e fizeram a lacração.

Em abril deste ano, as emissoras foram "arrendadas" para Daniele Alonso, filha do prefeito Daniel Alonso, o que gerou denúncias formais no MP sobre possíveis irregularidades no contrato de "arrendamento" e contratos oficiais de publicidade da Prefeitura com as emissora.


4 visualizações0 comentário