Buscar
  • Da redação

Reajuste salarial de 4% evita greve de motoristas de ônibus em Marília


Após vários meses de negociações e ameaças de greve, o Sindicato dos Motoristas de Marília e a direção das empresas de ônibus Grande Marília e Sorriso de Marília chegaram a um acordo nesta segunda-feira (25). A categoria terá um reajuste salarial de 4%.

Agora, as empresas devem acelerar pressão sobre o prefeito Daniel Alonso (PSDB) para que o mesmo conceda um reajuste nas tarifas, atualmente em R$ 3. Com os custos apresentados pelas empresas, o valor das passagens pode subir entre R$ 3,30 e R$ 3,50. isso, apesar das empresas já terem obtido grandes vantagens financeiras, como a nociva abertura do Terminal Urbano, prejudicando passageiros que se beneficiam do passe-integrado.


1 visualização0 comentário