Buscar
  • Da redação

Homem assassinado a tiros em bar da Zona Norte havia saído da cadeia há pouco tempo


Nilson Donizete morreu baleado num do bar do Bairro Santa Antonieta, na tarde deste sábado

Está sendo liberado pelo IML o corpo do pedreiro Nilson Donizete Faria, de 39 anos. Será velado no Velório Ângelus da Zona Norte e sepultado amanhã (domingo) no Cemitério de Padre Nóbrega. Ele morreu no início da tarde deste sábado (30) após ser baleado quando estava em um bar na Avenida João Martins Coelho, no Bairro Santa Antonieta, na Zona Norte da cidade.

Dois homens em uma motocicleta pararam defronte o estabelecimento. O garupa desceu e perguntou à proprietária do estabelecimento se tinha cerveja. Em seguida, o condutor da moto desceu, adentrou o bar e fez vários disparos contra Nilson. Um dos projeteis atingiu a cabeça dele. Socorrido em estado grave, ele não resistiu e morre no Hospital das Clínicas.

Os assassinos ainda não foram identificados, mas a Polícia Civil está colhendo imagens de câmeras de monitoramento das imediações do local do crime, para tentar identificar a motocicleta usada pelos dois elementos. A suspeita de rixa surgiu após ter sido encontrado nos bolsos da vítima um alvará de soltura, expedido há cerca de dois meses, indicando que estava cumprindo pena.

Em pesquisa no site do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, foi localizada apenas uma anotação de processo em trâmite pela 2ª Vara Cível do Fórum de Marília, onde uma pessoa move ação exigindo,com ganho de causa , a transferência de um veículo em nome de Nilson.

#baleadozonanortem

10 visualizações0 comentário