Buscar
  • Da redação

Mais uma criança morre picada por escorpião, na região


Uma criança de dois anos morreu neste domingo (8) em Flórida Paulista (154 km de Marília). A vítima foi Davi Lucca, aos dois anos e sete meses de idade. Ele é filho mais velho do casal Edson e Josiane proprietários do “Ki-Lanche Edson” e de acordo com informações de familiares, a criança estava em uma propriedade rural em que existe uma plantação de mandioca acompanhada do pai e do avô quando se queixou de dores em uma das mãos que “estaria com espinho”. De imediato foi verificado o local da mão em que a criança se queixava e posteriormente foi levada até à Santa Casa de Misericórdia de Flórida Paulista para passar por atendimento médico. Na unidade de saúde a equipe médica verificou e constatou que o ferimento havia sido causado por uma picada de escorpião medicando-o e encaminhando para a Santa Casa de Adamantina para o atendimento com uma pediatra. Na Santa Casa de Adamantina a criança teve o quadro clínico agravado e mesmo com os procedimentos médicos, não resistiu e acabou falecendo. Davi Lucca será sepultado na tarde desta segunda-feira.

OUTRO CASO Uma picada de escorpião causou da morte de um menino de dois anos, no último dia 15, em uma creche municipal de Araçatuba. Foi a quarta morte de crianças por esse motivo no interior do Estado em um mês, até então.

O pequeno Samuel de França Souza brincava numa caixa de areia no playground da Escola Municipal de Educação Básica Maria Helena de Freitas Carli quando começou a reclamar de coceira na mão. De acordo com a diretora, quando era levado para o berçário, ele começou a passar mal, vomitou e desmaiou. A criança foi levada por uma ambulância ao pronto-socorro do bairro Santana e foi transferida para a Santa Casa da cidade. Samuel recebeu soro específico contra picada de escorpião e aranha. O menino morreu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa, 11 horas após ter começado a passar mal.


3 visualizações0 comentário