Buscar
  • Da redação

Prefeitura não dá previsão de pagamentos para inativos do Ipremm. "Não tem dinheiro", diz


O secretário Levi Gomes e o prefeito Daniel Alonso: sem previsão de pagamento aos beneficiários do Ipremm

Os cerca de 1.700 aposentados e pensionistas do Ipremm (Instituto de Previdência do Município de Marília) ainda não receberam seus proventos, este mês. Até os primeiros meses deste ano, os pagamentos dos beneficiários do Instituto eram depositados no último dia de cada mês, juntamente com os servidores municipais da ativa.

A partir de alguns meses, os proventos passaram a ser pagos no 5° dia útil do mês. Em outubro, o pagamento saiu na segunda semana do mês.

O secretário municipal da Fazenda, Levi Gomes, disse ao JP nesta quinta-feira (8) que não tem previsão de quando serão depositados os pagamentos dos aposentados e pensionistas do Ipremm. "Vamos ver na sexta-feira", disse ele, sem dar certeza dos pagamentos. "Não tem dinheiro", resumiu.

Levi afirmou que estava aguardando para hoje (8) repasse de cerca de R$ 2 milhões de ICMS pelo Governo do Estado. "Mas vieram somente uns 400 mil", observou.

O prefeito Daniel Alonso (PSDB) não se manifestou porque esta semana ele está em Aracaju (SE), participando de um evento.

Em abril deste ano, a Prefeitura cortou o Vale Alimentação de R$ 250 dos inativos do Ipremm. O prefeito Daniel Alonso acionou o TJ (Tribunal de Justiça) para referendar o corte do benefício à categoria. Prometeu pagar um bônus no mesmo valor, mas acabou "esquecendo" a ideia e até agora, nada.


0 visualização0 comentário