Buscar
  • Da redação

Buraco já impede parte do acesso à Justiça Federal, em Marília


Um buraco perigoso aberto na área de estacionamento, obrigou a Justiça Federal em Marília, localizada entre a Rua Amazonas e a Rua 9 de Julho, a interditar o acesso de pedestres pela Rua Amazonas. "Entrada interditada. Por questão de segurança e manutenção da passarela pela Prefeitura de Marília. Acesso à Justiça Federal pela Rua 9 de Julho", diz um aviso anexado junto à passarela. Uma parte do estacionamento está isolada por fitas plásticas e cones de alerta. O buraco tem uma profundidade considerável e vem aumentando com as chuvas.

O prédio, com cerca de 3.800 m2, onde está instalada a Justiça Federal em Marília, na Rua Amazonas, pertence à Prefeitura de Marília, quer o adquiriu da Associação de Ensino de Marília (Unimar) por R$ 3,5 milhões, em 2003.


1 visualização0 comentário