Buscar
  • Da redação

Homem que levou facadas por dívida de R$ 420 segue internado no H.C. Pintor está preso


Segue internado no Hospital das Clínicas de Marília, Gilmar Lourenço, de 44 anos, que residente no Núcleo Jânio Quadros. Ele foi atingido por três facadas no final da tarde de ontem, desferidas pelo pintor Washington Luiz da Conceição, de 35 anos.

Segundo consta, o pintor encontrou Gilmar na Rua Carlos Pavarini, no Parque das Indústrias, na Zona Norte da cidade, onde cobrou uma dívida de R$ 420 por serviços prestados.

Houve discussão entre as partes e o pintor acabou desferindo os golpes na vítima, que foi socorrida ao H.C, mas não corre risco de morte.

Washington fugiu em uma bicicleta, mas acabou sendo abordado em seguida por policiais militares e preso em flagrante.

Ao avistar a viatura, ele ainda jogou a faca utilizada no crime em um barranco. Estava com as vestes todas sujas de sangue. "Acabei com a minha vida, fiz merda", disse o acusado aos policiais ao ser algemado. O pintor foi conduzido á CPJ e autuado em flagrante por tentativa de homicídio.


4 visualizações0 comentário