Buscar
  • Da redação

Prefeito Daniel Alonso paga uma das execuções de IPTU contra ele. Outra, de cerca de R$ 70 mil, segu


Conforme revelado pelo JP, o prefeito Daniel Alonso (PSDB) devia quase R$ 80 mil de IPTU. Devia, porque uma parte desses débitos (cerca de R$ 9 mil), ele pagou e a dívida foi extinta (veja sentença no quadro acima) nesta quinta-feira (1°), extinguindo uma das execuções fiscais que a Prefeitura de Marília movia contra ele.

Eram duas ações da Procuradoria do Município ajuizadas na Vara da Fazenda Pública, no Fórum de Marília.

Uma das dívidas (a que foi paga esta semana) estava no valor (não atualizado) de R$ 8.714,98 e era referente à uma empresa (a Swiss Park Incorporadora Ltda), localizada na Rua Carlos Pavarini, no Distrito Industrial, na Zona Norte de Marília. A empresa está no nome de Daniel Alonso e o imóvel pode ser uma área que ele recebeu em doação da própria prefeitura.

Outra dívida de IPTU, que segue em execução no nome do prefeito, tem como valor original R$ 69.276, 73, é referente ao imóvel onde está instalada a Casa Sol, na Avenida Castro Alves, em Marília.

A Procuradoria do Município requereu à Justiça que determinasse a citação de Daniel Alonso para pagar a dívida no prazo de cinco dias, sob pena de execução na forma da lei. Também solicitou que a Justiça determinasse a penhora e arresto de bens do executado para garantir o pagamento das dívidas.

O prefeito disse ao JP, na publicação da primeira matéria (dia 18 de janeiro), via mensagem de WhatSapp, que "iria verificar se os referidos débitos estão em aberto, para providenciar os pagamentos".

#prefeitodividasiptumariliadanielal

7 visualizações0 comentário