Buscar
  • Da redação

Identificados os dois bandidos mortos pela PM após assalto à escola no centro de Marília. Delegado e


Delegado Cléber Pinha Alonso elogiou a ação da PM

A polícia identificou os dois ladrões que morreram baleados pela Polícia Militar na noite desta quarta-feira (7), após assaltarem uma a escola de enfermagem "Ana Nery", na Avenida Pedro de Toledo, na área central de Marília. Os bandidos ainda balearam no peito o dono da escola, Anderson Sales Braga, de 45 anos, que segue internado no Hospital das Clínicas.

Alef Diego Martins Soares, de 24 anos, residente do Bairro Santa Antonieta e Luiz Fernando de Oliveira dos Santos, de 27 anos, o Gordinho, residente na Zona Sul de Marília, morreram no local, em cima da motocicleta Honda CB-300 que usavam na ação. Com a dupla, a polícia encontrou uma pistola 380, celulares roubados das vítimas e R$ 16 mil. A propriedade da moto está sendo investigada.

DISPAROS CONTRA VIATURA

O tenente Carvalho, da Polícia Militar, disse que policiais estavam em patrulhamento pelo centro da cidade quando receberam a informação que ladrões haviam assaltado a escola e disparado tiro no local. "Nossa equipes de deslocaram para o local e no trajeto se depararam com os indivíduos fugindo. Eles efetuaram disparos contra os policiais, que de pronto revidou a agressão e os dois marginais vieram a óbito. Uma ação bastante rápida da polícia, que usou o preparo diante desta situação".

RÁPIDA ATUAÇÃO DA PM

O delegado plantonista Cléber Pinha Alonso, que acompanhou o caso, elogiou a ação da polícia em entrevista ao repórter Jair Matos, da Rádio 950.

"Um fato grave e lamentável. Preocupante, porque Marília não tem esse histórico de violência, mas o lado positivo foi a rápida intervenção da polícia. Houve mortes, sim, mas dentro de uma situação legítima e parabenizo a rápida atuação da Polícia Militar", disse o delegado.

Ele disse que os dois elementos já tinham passagens pela polícia, inclusive por roubo. "Eles mostraram tamanha agressividade contra as vítimas e os policiais; Demonstraram essa violência e a polícia teve que responder à altura e oferecer a segurança que a população precisa", afirmou Alonso.

Alef Soares, de 24 anos, foi um dos mortos

Luiz Fernando morava nos predinhos da CDHU, na Zona Sul


40 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo