Buscar
  • Da redação

Polícia usa imagens de câmaras de segurança nas investigações do brutal assassinato de Silvinho, hoj


A Polícia Civil de Marília está usando imagens de câmeras de monitoramento nas investigações do brutal assassinato do representante de laboratórios, Sílvio César Soares Júlio, o Silvinho, de 47 anos, na madrugada desta quinta-feira, em Marília.

Ao atenderem uma ocorrência de incêndio em residência, o Corpo de Bombeiros em Marília se deparou com uma cena horrível.

Na sala da casa, localizada na Rua Prudente de Moraes, no Jardim Marília, havia um homem, em decúbito dorsal, carbonizado. Ele estava com as mãos e os pés amarrados e tinha uma jaqueta parcialmente queimada cobrindo o rosto.

Um vizinho reconheceu o corpo de, enquanto outro disse aos policiais ter conversado com Silvio por telefone horas antes, mas nada de anormal foi relatado por ele nem mesmo se estava com alguém na casa. A vítima morava sozinha.

Não havia sinais de arrombamento na casa.


1 visualização0 comentário