Buscar
  • Da redação

Tomógrafo quebrado no H.C faz pacientes sairem do prédio e andar um quarteirão de ambulância. Situaç


Setor de Radioterapia do HC, onde funciona um dos tomógrafos

O internauta Flávio Martins, publicou um desabafo no grupo do Whatsapp do JP, na noite deste domingo (22), com o seguinte teor:

"Hospital de Clínicas é uma vergonha! Paciente pra fazer uma tomografia tem que pegar uma ambulância, dar a volta no quarteirão e descer da ambulância. Paciente, mesmo com dor, tem que fazer essa via sacra. Cadê os elevadores? Alguém do grupo sabe explicar isso?". Ele disse ficou indignado ao ver duas idosas que haviam sofrido queda, ter que entrar na ambulância para esse procedimento, na noite de sábado (21), mas ninguém no Hospital soube explicar a situação.

Após a postagem, a superintendente do Hospital das Clínicas/Famema, dr. Paloma Nunes, respondeu o questionamento do internauta:

"Boa Noite Flávio!

Eu sou Paloma, Superintendente do HC/FAMEMA e realmente essa situação é uma vergonha para nossa Instituição. Temos 2 aparelhos de tomografia sendo que um deles fica dentro do Hospital (Hc1) e o outro na Radioterapia. Há tempos venho colocando nossa dificuldade com o aparelho que está dentro do Hospital. Além de ser um aparelho antigo, fazemos tomografia de Urgência e Ambulatorial para 62 municípios nesse aparelho, ou seja, é um equipamento extremamente utilizado. E sabemos que apenas 01 equipamento de tomografia dentro do Hospital não é suficiente, infelizmente quando o aparelho "quebra" temos que encaminhar todos os pacientes para realizarem os exames na radioterapia que fica fora do Hospital e não tem acesso por dentro do Hospital, por isso, a necessidade da ambulância. Já estamos buscando apoio na SES e com parlamentares para aquisição de um novo equipamento, já que o dinheiro para investimento que veio para o HC/FAMEMA no ano de 2018 não foi suficiente para compra desse equipamento.

Estou à disposição para outras dúvidas e sugestões".


2 visualizações0 comentário