Buscar
  • Da redação

Idoso atropelado no centro morre no H.C e família denuncia suposta negligência hospitalar


Faleceu no Hospital das Clínicas de Marília, João Carlos Espinoza, de 60 anos. Ele foi vítima de atropelamento por um veículo na Rua 4 de Abril, na área central de Marília, no dia 9 de fevereiro deste ano.

Ao comunicar o falecimento na CPJ, um irmão da vítima relatou uma possível negligência hospitalar. Disse que João Espinoza ficou tetraplégico devido ao acidente e seu estado piorou ao contrair uma bactéria muito resistente no Hospital, o que alterava sua pressão arterial, sendo necessária a ministração do medicamente Noradrenalina, injetado na veia, o qual dura cerca de duas horas cada frasco.

Afirmou que quando acaba o frasco, um aparelho emite um sinal de alerta, avisando. Disse que estava com seu irmão, no Hospital, quando ouviu o sinal de alerta e avisou uma auxiliar de enfermagem, a qual informou que já havia solicitado o medicamento ao almoxarifado do Hospital.

Relatou que o medicamento acabou e os batimentos cardíacos do paciente foram reduzindo, até o óbito. Acionou novamente a enfermagem e compareceu um enfermeiro, segundo ele depois de meia hora, e tentou reanimar João Espinoza com um desfibrilador, mas houve resultado.

Diante dos relatos, o delegado plantonista requisitou exames necroscópico ao IML, para apurar o caso.


76 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo