Buscar
  • JCNET/BAURU

REGIÃO: Rapaz esfaqueia a ex-namorada, o atual dela, mata o cachorro, ateia fogo em apartamento e te




Sem aceitar o fim do relacionamento, um jovem de 18 anos esfaqueou a ex-companheira, de 22 anos, e o atual namorado dela, de 25, e depois ateou fogo em um apartamento na quadra 2 da rua Batista Antonio D' Angelis, Vila Regina (imediações do Bauru Shopping), nessa segunda-feira (10) à tarde, matando um cachorro que estava preso no banheiro. O agressor José Mateus da Silva Sena, que chegou a filmar enquanto incendiava o imóvel, ainda tentou o suicídio, cortando o próprio pescoço.

Daiane Sousa Lopes foi atingida na região do abdômen e Luiz Felipe Campos, na cabeça. Ela foi submetida a uma cirurgia no Hospital de Base (HB), enquanto o namorado permaneceu em observação no Pronto-Socorro Central (PSC). O estado de saúde dela e do agressor, que também passou por procedimento cirúrgico no HB, é considerado grave. Até o fechamento desta edição, a unidade não tinha autorização para informar a evolução do quadro das vítimas.

Resultado fatal da ação criminosa, um cachorro ficou preso no banheiro do imóvel em que Daiane passou a se hospedar após o término com Sena e morreu asfixiado pela fumaça. Por sorte, as chamas não se espalharam para as quitinetes vizinhas. O agressor teria cometido o crime por não aceitar o fim do relacionamento, ocorrido há cerca de um mês. Conforme o JC apurou com conhecidos dele e de Daiane, os dois teriam vindo do Estado do Ceará para trabalhar em Bauru.

Ela tem cinco filhos, sendo um com o ex-companheiro, que ficaram sob cuidados de familiares da jovem.

Nenhum dos envolvidos tinha passagens pela polícia.

ATAQUE NA CALÇADA

Nessa segunda-feira (10), Daiane e o atual namorado, Luiz Felipe, voltavam de um passeio no shopping, quando foram surpreendidos por Sena no portão do prédio, por volta das 15h.

Segundo o capitão da PM Bruno Mandaliti Scarp, o jovem atacou a ex e o rapaz já na calçada e depois invadiu o apartamento, que pertence a uma amiga da vítima. "Segundo relatos de testemunhas, Daiane e Sena teria se separado há cerca de um mês. Acredito que, não aceitando a separação, ele esperou os dois chegarem para cometer o crime".

Daiane foi atingida na região da barriga e o rapaz, na cabeça. "Após serem atingidos, os dois correram para a rua, enquanto o rapaz entrou no imóvel, cuja moradora não estava. Ele, então, ateou fogo em tudo. Em seguida, foi até a sacada e começou a golpear o próprio corpo, várias vezes, cortando ainda o pescoço com uma faca de cozinha", completa o capitão.

De acordo com a Polícia Civil, Sena registrou o incêndio com o seu celular. Nas imagens, o acusado, ensanguentado, discursava sobre os motivos que o levaram a cometer o crime e ateava fogo em vários móveis, como sofá e cama.

Os três, que trabalhavam em um restaurante próximo, foram socorridos pelo Samu: o casal consciente e o agressor, desacordado. Uma viatura do Corpo de Bombeiros foi acionada e conseguiu controlar o fogo antes que as chamas se alastrassem a outros apartamentos. Infelizmente, um cachorro de estimação da amiga da vítima morreu com a fumaça.

A rua ficou interditada por cerca de duas horas para que os bombeiros fizessem o rescaldo do incêndio e a Polícia Científica realizou a perícia técnica. Segundo o delegado plantonista Richard Serrano, Sena foi autuado em flagrante por dupla tentativa de homicídio, com qualificadoras de motivo fútil e feminicídio. Além disso, ele responderá, ainda, pelo crime de incêndio doloso.

"Foram ações distintas, até porque o apartamento que ele incendiou não pertence a nenhuma das vítimas do esfaqueamento. Ele responderá, portanto, por ações distintas. Ele tentou matar o casal e tacou fogo no imóvel, colocando em risco a vida de outras pessoas que moram nessas quitinetes", finaliza.

AGRESSOR TROUXE A VÍTIMA DO CEARÁ

Autor da tentativa de homicídio contra a ex-companheira e o atual namorado dela, José Mateus da Silva Sena iria embora de Bauru nesta segunda (10), disse um conhecido dos dois à reportagem. O jovem, que preferiu não se identificar, conta que Sena pediu demissão do restaurante onde trabalhava há cerca de 15 dias. "Ele viajaria hoje (segunda-10) para São Paulo".

Inclusive, o agressor teria vindo do Ceará há cerca de quatro meses para trabalhar como chef de cozinha no restaurante de Bauru, que fica na mesma região onde ocorreu o crime. "Recentemente, ele trouxe a companheira (Daiane) pra cá. Ela fazia bico nesse restaurante como auxiliar de garçonete", conta, acrescentando que a jovem tinha cinco filhos, um com Sena.

Ele diz ainda que, conforme ouviu de outros amigos do acusado e de Daiane, ela já teria sido agredida por ele e vinha sofrendo ameaças. "Eles terminaram aqui em Bauru, há cerca de um mês. Ela, então, foi morar nesse apartamento com a amiga".

O atual namorado de Daiane, Luiz Felipe, teria vindo de Belo Horizonte há duas semanas e também desempenhava a função de auxiliar de garçom no restaurante. "Ele começou a trabalhar nesse lugar há apenas quatro dias", relata o conhecido de Sena e Daiane. "Todos que o conheciam ficaram perplexos, porque ele era um sujeito bem tranquilo", finaliza.

Márcia Duran e Marcus Libório


60 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo