Buscar
  • Da redação

XINGAMENTOS E BAIXARIAS: Câmara rejeita por unanimidade cassação de Coraíni por quebra de decoro



A Câmara de Marília rejeitou por unanimidade na sessão desta segunda-feira (24), o pedido de abertura de cassação do mandato do vereador Mário Coraíni (PTB), por quebra de decoro parlamentar.

Após a mesa diretora fazer a leitura na íntegra da representação, que cita atitudes do vereador, como "xingar como um arroaceiro" e humilhar pessoas humildes, classificando como "reprováveis e indecorosas" as ações de Coraíni, o presidente da Casa, Wilson Damasceno (PSDB), colocou a proposta em votação. Os treze vereadores foram contra. Seriam necessários sete votos para aprovação do pedido.


TEOR DA REPRESENTAÇÃO

Na Representação, o engenheiro pedia a abertura de processo de cassação de Coraíni pela "prática que implica em atos de quebra de decoro parlamentar, bem como faltar com os mais básicos deveres compatíveis com o cargo que ocupa".

"O representado já há algum tempo vem agindo de forma cada vez mais agressiva, mediante um conjunto de atos que tem tido um efeito prático muito claro: desmoralizar a Câmara Municipal", cita a Representação, que tem mais de dez páginas.

O documento cita um "ato deplorável" de Coraíni, que agrediu com xingamentos um pedinte em frente uma agência bancária da cidade. As cenas foram gravadas em vídeo e viralizaram nas redes sociais, com milhares de manifestações de repúdio da população ao ato do vereador, que tem 82 anos de idade. "Vai pastar, você tem que comer grama, mesmo, vagabundo", disse em altos brados o vereador ao homem necessitado que pedia esmolas na porta do estabelecimento.

Monteiro disse ao JP que decidiu protocolar o pedido por não suportar mais ver "esse sujeito" ofender a população e ficar impune. "Se diz tanto ser professor, embora já tenha até sido demitido da universidade por entreveros com alunos e ter cinco mandatos, mas é um mal-educado que não respeita as pessoas, especialmente as mais humildes, com ofensas e xingamentos, em atos de flagrantes humilhações. Passou da hora desse elemento ser banido da vida pública, para a Câmara e para a população de Marília, que não merece esse tipo de gente como representante".

OFENSAS A MORADORES NA CÂMARA

Outro episódio citado na Representação aconteceu na sessão camarária do dia 10 deste mês, onde Coraíni discutiu com moradores que acompanhavam a sessão nas galerias.

"Não estou a procura de voto, não quero voto de ninguém, enfiem no rabo, oh", berrou o vereador para um dos moradores. Em seguida, pediu que o presidente da Casa mandasse os populares "calar a boca".

Novamente o repugnante episódio foi gravado e circulou nas redes sociais, causando grande indignação e revolta da população.

Conforme o Dicionário Aurélio, decoro significa "correção moral, compostura, decência e dignidade".

O engenheiro pede, ao final, que seja aplicada, de acordo com Lei Municipal, a cassação do mandato de Coraíni por quebra de decoro parlamentar. O documento protocolado na Câmara Municipal , já está nas mãos do presidente da Casa, Wilson Damasceno (PSDB), que ainda não se manifestou sobre as medidas que irá adotar nesse sentido.

Vereador Coraíni ofende moradores nas galerias da Câmara Municipal

Coraíni agride cidadão que lhe pediu ajuda na porta de agência bancária


74 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo