Buscar
  • Da redação

PREPAREM OS BOLSOS: Prefeitura já anuncia projeção de 10% de reajuste do IPTU, este ano


Os valores do IPTU em Marília, este ano, deverão ser reajustados cerca de 10%. A projeção foi feita pelo secretário municipal da Fazenda, Levi Gomes, durante audiência púbica na manhã desta quinta-feira (27), na Câmara Municipal de Marília.

Levi falou sobre cálculos do IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), o qual fechou o mês de agosto em 8,91%. Como o "reajuste automático" do IPTU é feito anualmente com base nos índices do IGP-M, o imposto deverá ser aumentado nesta proporção.

"Tem esse risco?", questionou o vereador Luiz Nardi. "Sim. Simples assim!", respondeu o secretário. "Vá-lha me Deus!", completou o vereador. "Eu também disse isso no ano passado, quando o IGP-M ficou em zero e nós (Prefeitura) tivemos que passar o ano todo com reajuste zero", emendou Levi.

Ele calculou que a projeção desse índice resultará em um aumento "muito pequeno" nas receitas do Município, em 2019. "Muito pequeno para a Prefeitura, mas muito grande para a população", considerou Nardi.

ROLO NO ANO PASSADO

No final de outubro do ano passado, o prefeito Daniel Alonso (PSDB), criou uma grande polêmica ao enviar para a Câmara um Projeto de Lei que previa modificações em Lei relacionada co Código Tributário do Município e projetava reajustes acumulados no valor do IPTU de até 33% nos próximos três anos (2018-2019 e 2020), ou seja, até o final do atual governo. Com a polêmica, o Projeto acabou seno retirado do Legislativo e nem foi votado.

A base da mudança foi a adoção do fc (fator de comercialização) usado para cálculos dos valores venais dos imóveis. Na prática, o contribuinte pagaria em 2018, em média, 11% de aumento sobre o valor do IPTU de 2017. A arrecadação do IPTU no ano passado ficou em torno de R$ 62 milhões.

PREFEITO DANIEL ALONSO DEVE QUASE R$ 100 MIL EM IPTU

Uma das execuções judiciais contra o prefeito Daniel Alonso por calotes no IPTU

Conforme ações judiciais, o prefeito Daniel Alonso (PSDB) tem dívidas de cerca de R$ 100 mil com IPTU. Ele está inscrito em dívida ativa.Não há informações sobre o envio de cartas de cobranças ao prefeito. Ele figura em várias ações judiciais de cobranças de IPTU. Conforme consta no site de consultas do Tribunal de Justiça do Estado, ele está sendo executado em três ações desta natureza. Uma delas com valor original de quase R$ 70 mil. As ações tramitam pela Vara da Fazenda Pública.


21 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo