Buscar
  • Da redação

Deputado Vinícius Raposo Carvalho, que votou contra trabalhadores e a favor de esconder corrupção de


Deputado Vinícius Raposo Carvalho com o corrupto Temer: ele votou contra os trabalhadores

e contra investigar safadezas do governo. Agora, busca votos para tentar se reeleger


O deputado federal Vinícius Raposo Carvalho (PRB) que lascou o povo com votações repugnantes na Câmara Federal, está perambulando por Marília e região, agora, pedindo votos para tentar ser reeleito.

Carvalho é do Rio de Janeiro e pastor da Igreja Universal. Na Câmara Federal, ele votou contra os interesses dos trabalhadores e a favor do corrupto governo Temer. Aprovou a famigerada Reforma Trabalhista, que prejudicou milhões de brasileiros, acabando com direitos trabalhistas e aumento o já acelerado desemprego.

Vinícius Raposo Carvalho também votou contra investigar denúncias de corrupção de Michel Temer, jogando a sujeira e roubalheira do governo para baixo do tapete. Esse deputado mantém um escritório aqui em Marília, mas fica sempre fechado e não atende ninguém. Só fachada.

"DEPUTADO QUE APOIA LADRÃO..."

"Deputado que apoia ladrão, 100 anos sem reeleição". Esse foi o tema de um grande protesto realizado em São Paulo. Milhares de manifestantes demonstraram revolta com o resultado da votação na Câmara dos Deputados que arquivou a denúncia de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer (PMDB). Um dos alvos dos protestos foi o deputado Vinícius Raposo Carvalho.

A votação na Câmara Federal livrou Temer de ser investigado pelo STF nos atos de corrupção e roubalheira do dinheiro público que deveria ser investido na Saúde, Educação, Segurança e outros setores. Com cartazes com fotos dos deputados que votaram pelo arquivamento na sessão, o grupo se concentrava na Avenida Paulista.

Com a decisão, os deputados livraram Temer de responder no Supremo Tribunal Federal (STF) a processo que, se instalado, provocaria o afastamento do presidente por até 180 dias.

O procurador-geral Rodrigo Janot ainda deverá apresentar outra denúncia contra Temer, por organização criminosa e obstrução de justiça. A acusação de Janot se baseia nas investigações abertas a partir das delações de executivos da empresa JBS no âmbito da Operação Lava Jato.

VINÍCIUS CARVALHO NA FARRA DAS PASSAGENS AÉREAS

A procuradoria-geral da República comunicou ao Supremo Tribunal Federal a instauração de procedimento para apurar indícios do envolvimento de 199 políticos com foro privilegiado no STF com o caso conhecido como "farra das passagens aéreas". O deputado Vinícius Raposo Carvalho está na lista de investigados.

Na chamada "farra das passagens aéreas", deputados utilizavam a verba da chamada cota parlamentar para emitirem passagens aéreas para viagens de lazer.

Segundo o procurador Elton Ghersel, que apresentou denúncia ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região contra parlamentares e ex-parlamentares, os deputados também utilizavam a verba pública para comprar passagens para familiares e amigos.

Em outros casos, segundo o procurador, os parlamentares chegaram a vender milhas referentes à cota parlamentar para agências de viagens, que as revendiam para outros clientes.

À época em que o caso foi revelado, os deputados tinham direito a uma cota mensal de seis passagens aéreas, que deveriam ser destinadas a viagens aos estados de origem ou a viagens oficiais. Se o valor não fosse integralmente utilizado, os deputados podiam usar o excedente para outros fins.

Em razão das revelações, a Câmara alterou a forma como as cotas são repassadas aos parlamentares.



37 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo