Buscar
  • JCnet-Bauru

Operação conjunta das Polícias Civil e Militar, na região, leva 141 para a cadeia. Trabalhos contin


Operação conjunta das Polícias Civil e Militar que teve início nessa quarta-feira (19) e prossegue até às 14h desta quinta-feira (20) levou para a cadeia 141 pessoas na região do Departamento de Polícia Judiciária do Interior 4 (Deinter-4), com sede em Bauru, que abrange 76 municípios, inclusive Marília, onde sete pessoas foram presas.

Um dos presos é investigado pela execução de um lavrador em Pederneiras. Além de maconha e cocaína, as equipes aprenderam armas de fogo e munições.

A operação foi deflagrada em todo o estado visando ao cumprimento de mandados de prisão em aberto levantados pelo Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas (Decade). Na área do Deinter-4, que abrange as Delegacias Seccionais de Bauru, Jaú, Lins, Marília, Ourinhos e Tupã, os trabalhos foram coordenados pelo diretor do órgão, delegado Marcos Mourão.

Em Bocaina, sob coordenação do delegado Gustavo Alonso Garmes, as equipes cumpriram mandado de busca na casa do ajudante de curtume R.S., de 38 anos, no Jardim José Tonon, e apreenderam porções grandes de cocaína, tablete de maconha, revólver calibre 38 e nove munições. Ele foi preso em flagrante.

HOMICÍDIO

Em Pederneiras, dos cinco mandados de prisão em aberto, dois foram cumpridos - um casal condenado por tráfico de drogas. As equipes também cumpriram quatro mandados de busca referentes a inquérito policial instaurado para apurar um homicídio ocorrido no último dia 15 de agosto, no Bairro Cidade Nova.

Na ocasião, Edi Carlos Teixeira, 33 anos, foi executado com disparos de arma de fogo nas costas e no queixo em um terreno baldio na rua Nicolau José. As investigações revelaram que o crime teria sido cometido por vingança por J.F., 27 anos, depois que a vítima furtou um aparelho de CD do seu carro.

Além da casa do suspeito, a polícia fez buscas em imóveis de familiares dele. Nos endereços, foram apreendidos pé de maconha, centenas de porções de maconha e cocaína, revólver, simulacro e cerca de R$ 2.700,00. Ele e dois irmãos, J.W.F., 18 anos, e J.H.F.J., 20 anos, foram presos em flagrante por tráfico e associação. Junto com J.H.F.J., J.F. também irá responder por posse ilegal de arma de fogo raspada. Ele ainda foi indiciado pelo homicídio.








43 visualizações0 comentário