Buscar
  • Da Assessoria

Juliano da Campestre critica novos pedágios e convoca mobilização regional contra proposta do govern


Em entrevista à Rádio Campestre FM 104,5, o diretor da emissora, Marcos Juliano, o Juliano da Campestre, se posicionou contra as praças de pedágios que devem ser implantadas de Bauru até Panorama. No ultimo dia 15, o governador João Dória (PSDB) lançou a concessão da SP- 294 no referido trecho, com sete praças de pedágio (sendo duas entre Marília a Bauru e cinco entre Marília e Panorama).

Para Juliano da Campestre se faz necessário um posicionamento das autoridades. “A Rádio Campestre vai realizar uma campanha contra o pedágio e convidamos as autoridades de Marília e região a se posicionarem a favor da população e contra as praças de pedágio”.

“Vamos procurar os deputados que obtiveram votos em nossa cidade e região para que os mesmos representem seus votos em favor do povo. Agora é o momento dos deputados trabalharem e defenderem a população da região. Também iremos conversar com prefeitos e vereadores para que se posicionem a favor das empresas e população”, explicou.

Segundo Juliano da Campestre, os pedágios não contribuem para o desenvolvimento da região. “Precisamos de mais empresas, segurança, saúde, educação e não de mais impostos. Essa atitude de instalar pedágios apenas pune as empresas e a população que dependem da rodovia e encarecem produtos. O comércio de Marília, o setor de transporte de cargas e de passageiros, o agronegócio entre outros setores serão prejudicados diretamente com esses pedágios e por fim a população que deve pagar a conta”.

Juliano frisou ainda que gostaria que o governo João Dória cumprisse sua proposta e trabalhasse com gestão para a população. “A população está cansada do mais do mesmo. Espero que o governador trabalhe com gestão, colocar pedágio e transferir a conta para a população e empresas é fácil. A sociedade deseja um governo que administre os bens públicos com responsabilidade e não transfira responsabilidades a terceiros e mande a conta para o povo”.

“Observamos em especificamente que no trecho de Bauru – Marília a rodovia está toda duplicada, o que se faz necessário é que o nosso governador administre e cuide realizando as manutenções e obras necessárias. Já de Marília a Panorama. Afinal, seus eleitores o elegeram para isso e esperam que suas promessas sejam cumpridas”, explicou Juliano.





20 visualizações0 comentário