Buscar
  • JCNET - Bauru - Marcele Tonelli

Golpe do "banco delivery" se alastra pela região e policia prende três estelionatários que


A Polícia Civil de Bauru, por meio do Setor de Investigações Gerais (SIG), esclareceu ao menos três casos de vítimas do golpe conhecido como "banco delivery". Delegado responsável pelas investigações, Rogério Dantas conta que, nos últimos dias, três homens acusados de praticar o estelionato na cidade foram identificados.

A confirmação ocorreu após o reconhecimento por parte das vítimas de, ao menos, três casos ocorridos nos últimos meses em Bauru.

A suspeita sobre os autores teve início após a Polícia Militar prender dois deles no final de janeiro. A troca de informações entre a PM e o Setor de Inteligência da Polícia Civil resultou na identificação de um terceiro acusado, que seria comparsa de um dos detentos. A participação dos três nas ocorrências é sustentada pela polícia após a identificação das vítimas. A prisão do bando pelos crimes foi solicitada.

COMO FUNCIONA O GOLPE

Por meio de correspondências falsas, os acusados informavam que o cartão bancário da vítima estava com problemas e que deveria ser entregue ao banco. Munidos de crachás falsos, os estelionatários se passavam por funcionários de agências e compareciam na residência, no mesmo dia, para recolher o cartão e ainda solicitavam senha, alegando que esta seria trocada. Confiantes no engano, as vítimas entregavam os cartões e, só depois dos gastos feitos pelos criminosos, notavam o crime.

No caso em que houve o flagrante, a vítima, um senhor de 61 anos, recebeu uma ligação oficial do gerente de seu banco alertando sobre várias compras em curto espaço de tempo. Desconfiado do golpe, o idoso se dirigiu até uma das lojas indicadas. Lá, ele acabou encontrando os bandidos e acionou a PM.




28 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo