top of page
Buscar
  • Da redação

Servidores aguardam para amanhã contraproposta do prefeito Daniel Alonso, que fugiu da reunião com a


Reunião de representantes do Sindicato dos Servidores Municipais na Prefeitura: prefeito Daniel Alonso fugiu do encontro

O prefeito Daniel Alonso (PSDB) prometeu apresentar nesta terça-feira (26) uma contraproposta às reivindicações do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, relativas à campanha salarial da categoria.

Daniel Alonso já fugiu da primeira reunião com dos servidores, que aconteceu na Prefeitura, no dia 7 deste mês. Apenas os secretários Levi Gomes, da Fazenda e Cássio Pinto, da Administração, participaram do encontro e nada definiram.

Disseram apenas que uma contraproposta seria apresentada no dia 20, data que foi adiada para o dia 26 (amanhã).

PEGARAM O PREFEITO NO PULO

Bruna, vice-presidente do Sindicato pegou o prefeito no pulo e cobrou a participação dele nas reuniões com os servidores

Na semana passada, um grupo de sete representantes do Sindimmar (Sindicato dos Trabalhadores nos Serviços Públicos Municipais de Marília), de lideranças da Educação, juntamente com o presidente José Paulino e da vice-presidente Bruna Marcelino,pegou o prefeito de surpresa na Câmara Municipal e pediu para ele participar reunião desta terça-feira.

Daniel Alonso disse à vice-presidente Bruna que iria avaliar a agenda. Nesta segunda-feira (25) ele já viajou novamente para São Paulo (recebendo diárias de R$ 800). este mês ele já passou quase uma semana (em dias acumulados) na Capital inclusiva usando dinheiro do povo para visitar feira comercial de interesse da empresa dele, a Casa Sol.

AS REIVINDICAÇÕES DO SINDICATO

No ano passado, o prefeito Daniel Alonso concedeu míseros 2% de reposição para os servidores. Este ano, o Sindicato da categoria (cuja data-base da categoria é 1° de abril) cobra 10% de aumento real de salários e reajuste do vale-alimentação de R$ 300 para R$ 496 (igual dos servidores da Câmara Municipal).

A pauta de reivindicações com vistas a campanha salarial foi elaborada após reuniões em mais de 160 setores da Prefeitura, com a finalidade de ouvir os trabalhadores.


13 visualizações0 comentário
bottom of page