Buscar
  • Da redação

CAMPANHA SALARIAL: Servidores aceitam oferta do prefeito Daniel Alonso e vão receber apenas metade d


Assembleia dos servidores na noite desta segunda-feira

Em assembleia realizada na noite desta segunda-feira (15), servidores municipais decidiram aceitar a proposta do prefeito Daniel Alonso (PSDB), de reajuste de 5% nos salários e R$ 60 no vale-alimentação da categoria. Proposta foi apresentada pela administração municipal no último dia 11, logo após paralisação de um dia, com grande concentração de servidores no Paço Municipal.

O Sindicato dos Servidores reivindicava o dobro disso, ou seja, aumento salarial de 10% e vale-alimentação de R$ 496 (igual da Câmara Municipal).

O prefeito também, não atendeu o pedido dos servidores sobre implantação do Plano de Carreira da categoria. Um Plano que já havia sido aprovado pela gestão passada foi anulado pelo atual prefeito, mancomunado com a Câmara Municipal, no início do atual mandato.

A promessa era que um "novo Plano de Carreira" seria implantado em 90 dias (até maior de 2017). Tudo balela! Daniel Alonso não cumpriu nada. Agora, diz que iniciar o Plano de Carreira no ano que vem (último de seu governo e ano eleitoral, onde é proibida ação desse tipo).

O presidente do Sindimmar (Sindicato dos Trabalhadores nos Serviços Públicos Municipais de Marília) José Paulino, destacou que a greve foi fundamental para garantir o índice de reajuste. Segundo o líder sindical, o reajuste do salário e do vale-alimentação já vai constar na folha de pagamento dos trabalhadores que será paga em maio. Paulino apontou ainda que esse é apenas o primeiro “round”, pois há várias demandas que precisam ser atendidas pela administração. “Outros rounds virão, para garantir os direitos dos nossos servidores”, explicou.


19 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo