top of page
Buscar
  • Da Assessoria

Hospital das Clínicas realiza mais uma cirurgia bariátrica por vídeo, reduzindo tempo de recuperação


HCFAMEMA realiza mais uma Cirurgia Bariátrica por Videolaparoscopia, permitindo aos pacientes do SUS uma recuperação mais rápida e retorno mais precoce as atividades diárias

A equipe de cirurgia bariátrica do HCFAMEMA composta pelos médicos Roberto Tussi Jr. e Iara Coelho Sganzella, realizaram na ultima semana mais uma Cirurgia Bariátrica por Videolaparoscopia. A equipe médica ressalta que o atendimento só foi possível na instituição pelo empenho das equipes multidisciplinares compostas pela: Endocrinologia, Cardiologia, Pneumologia, Psiquiatria, Nutrição, Psicologia e com o total apoio da Superintendência do HCFAMEMA e demais gestores da instituição.

Durante muito tempo a obesidade foi vista como um desequilíbrio entre a ingesta e o gasto calórico. A Cirurgia Bariátrica é o um método eficaz no tratamento da obesidade. Entretanto, não é isenta de riscos. Tornando-se assim o último estágio na batalha da perda de peso. Utilizada somente quando todas as outras medidas foram tentadas sem sucesso.

Cirurgia Bariátrica por Videolaparoscopia é realizada através de pequenos cortes no paciente e auxilio de uma câmera de alta resolução que permite que o médico observe com precisão onde a sutura deve ser realizada, diminuindo assim os riscos com sangramentos, perfurações, hérnias, infecção da ferida cirúrgica, proporcionando retorno precoce às atividades, diminuição do risco de complicações pulmonares e menor dor pós-operatória. Nas cirurgias bariátricas tradicionais os pacientes levam de 30 a 60 dias para voltarem as suas atividades de trabalho, já na cirurgia realizada por videolaparoscopia eles estarão liberados em 15 dias.

“Para nós do HCFAMEMA enquanto instituição pública, a Cirurgia Bariátrica por Videolaparoscopia, é uma grande conquista. Por se tratar de um procedimento menos invasivo oferece inúmeras vantagens ao paciente e também ao hospital, pois diminui o risco de complicações pós operatórias, diminuindo o tempo de internação Hospitalar, o que além de ser um cuidado mais qualificado ainda possibilita maior giro de leitos”, explicou a Dra. Paloma Aparecida Libanio Nunes, Superintendente do HCFAMEMA.




71 visualizações0 comentário
bottom of page