top of page
Buscar
  • Da redação

Estátua da Liberdade da Havan chega a Marília. Em algumas cidades, monumento gerou protestos e foi r


A réplica da Estátua da Liberdade, com cerca de 25 metros de altura, que será colocada na loja da Havan em Marília, já chegou à cidade. O monumento é símbolo da loja em todo o país. A loja de Marília deve ser inaugurada até o final de julho e a estatua marcará um novo símbolo da cidade.

PROTESTOS

Em várias cidades, a colocação da estátua gerou protestos e em algumas delas houve até impedimento de sua instalação.

Foi o caso de Bauru, onde a réplica da Estátua da Liberdade está em frente a uma loja de departamentos às margens da Avenida Nações Unidas, na entrada da cidade. A mesma não foi recebida com um novo cartão postal como a loja imaginava, em 2013 e ganhou até um abaixo assinado com quase mil assinaturas pedindo a retirada da escultura.

Segundo os críticos, a estátua passa longe de ocupar o mesmo patamar que locais tradicionais como Parque Vitória Régia, considerado cartão-postal da cidade. O advogado responsável pela petição online não quis dar entrevista sobre o assunto, mas confirmou que o documento foi encaminhado diretamente à loja como manifestação de opinião de pessoas que deixam claro que, assim como ele, não gostaram da estátua.

ROLO EM BRASÍLIA

Um recurso interposto pela Havan para a instalação da réplica da Estátua da Liberdade na loja inaugurada em Brasília foi negado pelo GDF, no ano passado.

A instalação da estátua de 35 metros foi vetada pela Administração Regional do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA), onde fica a unidade brasiliense, porque ultrapassa o limite de 12 metros estabelecido pelo Decreto nº 29.413/2008.

O documento dispõe sobre o Plano Diretor de Publicidade nas regiões administrativas do DF.

Após negar o primeiro pedido da Havan, a Administração Regional do SIA consultou o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que concordou com a decisão. O lote da loja, no trecho 14 do SIA, não faz parte do Conjunto Urbanístico de Brasília, mas pertence à área do Entorno, motivo pelo qual houve posicionamento da autarquia federal.

O administrador do SIA, Antônio Donizete Andrade, disse que não havia legislação possível para aceitar o pedido da empresa, por isso o recurso foi negado. “A gente ajuda o empresário, mas dentro da legalidade”, afirmou. A loja foi inaugurada em 2018 sem a estátua. O monumento, que foi coberto por uma lona na abertura, está “deitado” no estacionamento da unidade desde 27 de outubro.

Na ocasião, o diretor de expansão da marca, Nilton Hang, afirmou que se o pedido fosse negado definitivamente a empresa poderia colocar a estátua em outra loja. “A gente tira e coloca em outra cidade. Temos várias lojas que funcionam sem estátua”, disse Hang.

RIBEIRÃO PRETO

Em Ribeirão Preto também houve rolo em 2015 com a colocação de uma estátua de 35 metros em frente à loja da Havan, A alegação da Prefeitura é que a instalação era "contrária ao ideal proposto pela lei Cidade Limpa e representava um símbolo que não tem identidade cultural com a cidade ou com o Brasil".

A ESTÁTUA

A Havan tem como símbolo a Casa Branca. Ao voltar de uma viagem a Washington, Luciano Hang trouxe um cartão postal da fachada da Casa Branca, foi quando surgiu a ideia de criar uma identidade visual semelhante.

Após a inauguração da casa branca brasileira, uma criança de 7 anos sugeriu ao Luciano Hang que colocasse a Estátua da Liberdade na loja. No ano seguinte uma réplica da estátua com 25m de altura foi instalada no estacionamento da loja de Brusque. Hoje este ícone, padronizado em 35m de altura, está presente em diversas lojas da rede, representando a liberdade de compras e escolha que a Havan proporciona a todos os seus clientes.

A maior estátua do país com 57 metros de altura fica na Parada Havan, filial de Barra Velha-SC, e ultrapassa a altura do Cristo Redentor com 38m de altura.



















319 visualizações0 comentário
bottom of page