Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Padrasto é preso pela Polícia Civil por abusar sexualmente de enteada, na região


Na manhã desta sexta-feira a Polícia Civil de Tupã por meio da Delegacia de Defesa da Mulher cumpriu um mandado de prisão em desfavor de um homem de 35 anos, morador da zona leste de Tupã.

O caso que culminou na prisão de hoje começou a ocorrer há cerca de 7 anos, quando o agressor abusou sexualmente de sua enteada.

A violência sexual foi descoberta após a garota, atualmente com 14 anos, atentar contra a própria vida, e durante atendimento médico, se sentiu segura em contar o profissional da saúde, os terrores que passou na infância.

O caso foi reportado a DDM, sendo que o agressor, ao ser intimado a prestar esclarecimentos para Dra. Cristiane Camargo Braga, confessou em seu depoimento a prática do crime, e relatou que o fato ocorreu por algumas vezes.

Com base na confissão foi solicitada a Justiça a prisão preventiva do agressor, que deverá ser denunciado pelo crime de estupro de vulnerável, com qualificantes, o que pode aumentar a pena a ser cumprida.





15 visualizações0 comentário