top of page
Buscar
  • Da redação

Marília tem 7 obras paradas, com custos de R$ 11,2 milhões. Na região são 76 obras e R$ 223 milhões


Dados fazem parte do Mapa Virtual de Obras desenvolvido pelo Tribunal de Contas do Estado

Marília tem 7 obras paradas, com custos de cerca de R$ 11,2 milhões. São duas obras paralisadas no setor de abastecimento de água contratadas pela Prefeitura, que somam R$ 3,9 milhões. na área da educação são três obras contratadas pela Unesp, com custos de cerca de R$ 550 mil. Há também uma obra de urbanismo contratada pela Prefeitura, com custos de cerca de R$ 4,6 milhões e uma de mobilidade urbana também contratada pela Prefeitura, com custos de quase R$ 1 milhão. Os motivos das paralisações, segundo o TCE, são deficiências e falta de informações nos projetos, Cinco empresas são citadas como contratadas.

Levantamento realizado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) junto às Prefeituras e órgãos estaduais aponta que, a Região Administrativa de Marília possui 76 obras paralisadas ou atrasadas. Os custos dos empreendimentos, segundo dados atualizados em abril de 2019, atingem a cifra de R$ 223.234.459,19.

Em 31 municípios da região administrativa, as obras não finalizadas são destinadas á áreas da Saúde, Educação, Saneamento, Habitação, Infraestrutura e Segurança.


32 visualizações0 comentário
bottom of page