top of page
Buscar
  • Da Assessoria

Prefeitura de Marília promove encontro sobre Violência contra o Idoso e capacita servidores


Iniciativa foi viabilizada por meio da Secretaria Municipal da Assistência e Desenvolvimento Social


A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Assistência e Desenvolvimento Social, promoveu nesta terça-feira (25) encontro para marcar o combate às violências contra a pessoa idosa.

Servidores municipais e profissionais de entidades que atendem a população vulnerável discutiram e ampliaram conhecimentos sobre o assunto. A atividade remete ao dia 15 de junho, data em que o tema é lembrado mundialmente.

Nádia Placideli Ramos é gerontóloga e doutora em saúde pública pela Faculdade de Medicina de Botucatu

Abertura contou com a presença da secretária municipal da Assistência e Desenvolvimento Social, Wania Lombardi; do promotor de Justiça Isauro Pigozzi Filho; do presidente da Câmara Municipal, Marcos Rezende; do vereador Wilson Damasceno, do presidente do Conselho Municipal do Idoso em Marília, Koity Hayashe, entre outras autoridades e representantes de organizações.

O Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) de Marília recebeu, ao longo do ano passado, 118 denúncias de violência contra idosos. De janeiro a maio desse ano foram 39 casos relatados.

São queixas de violência física, psicológica, abuso financeiro, negligência ou abandono, entre outras formas de violência ou violação de direitos. A rede de proteção é formada pelos Cras, serviços de convivência e fortalecimento de vínculos, Centro Dia, unidades de saúde, Secretaria Municipal de Direitos Humanos, Ministério Público, entre outros.

Fabiana Grava é assistente social com experiência em gestão de serviços na área


A secretária Wania Lombardi destaca que é preciso abordar o assunto cada vez mais, levando informação aos idosos e à população em geral, visando à prevenção às violências.

“Estamos, cada vez mais, traçando no município uma rede de prevenção e também redes de serviços oferecidos para melhorar a situação do idoso; da sua mobilidade à prevenção da violência, que é o nosso grande papel enquanto secretaria da Assistência”, afirmou Wania Lombardi.

Fabiana Grava é assistente social com experiência em gestão de serviços na área

As palestras do encontro foram realizadas pela gerontóloga Nádia Placideli Ramos – doutora em saúde pública pela Faculdade de Medicina de Botucatu – e a assistente social Fabiana Grava, com experiência em gestão de serviços da área de assistência social.

Denúncias podem ser feitas ao Creas Marília pelo telefone 3432-3979 ou ainda, gratuitamente, pela central Disque 100, da Secretaria Nacional de Cidadania, vinculada ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.


12 visualizações0 comentário
bottom of page