Buscar
  • Da redação

Após explodir gastos milionários no gabinete e criar barreiras de acesso ao povo, prefeito Daniel Al


Prefeito Daniel Alonso e o chefe de gabinete dele, ex-gerente da Casa Sol

em Bauru, Márcio Spósito

Após aumentar em 30% os gastos milionários do gabinete, o prefeito Daniel Alonso (PSDB), agora, decidiu reduzir os horários de atendimento à população. O expediente ao público no Paço Municipal e nas secretarias passará das 8h às 14h, apenas. O horário era das 8h às 17h. No Ganha Tempo e no Procon os atendimentos serão só das 8 as 15h.

Uma das primeiras medidas do prefeito, após assumir o cargo em 2017, foi criar dificuldades de acesso da população ao seu gabinete e prédio da Prefeitura.

Colocou barreiras na porta dos elevadores e junto às escadarias. O cidadão comum dificilmente sobe ao segundo andar (gabinete). Logo num balcão instalado no térreo é orientado a protocolar seus pedidos ou reclamações através de ofício no Ganha Tempo. E aguardar eventuais respostas, também por escrito.

Isso nunca ocorreu na história de Marília e em todas as gestões anteriores, o povo sempre teve acesso livre ao Paço Municipal, especialmente ao gabinete do prefeito.

EXPLODEM OS GASTOS

Enquanto faltam até insumos e medicamentos básicos nas unidades de saúde da cidade e pacientes de baixa renda são obrigados a recorrer à Justiça (onde há dezenas de ações desta natureza) para conseguir esses produtos, Daniel Alonso aumentou em 30% os gastos de seu gabinete.

Já chegaram até registrar Boletim de Ocorrência na Polícia por falta de fraldas geriátricas.

Também segue o caos com a buraqueira pelas ruas da cidade.

O orçamento de gastos do gabinete de Daniel Alonso é de cerca de R$ 9 milhões.. O gabinete do prefeito também acumula grande número de assessores comissionados com altos salários e tem como chefe Márcio Spósito, ex-funcionário da Casa Sol em Bauru.



41 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo