Buscar
  • Da Assessoria

UNIMAR: Outubro, mês de celebrar os nossos mestres! Você já se perguntou como seria a vida sem um pr


Neste mês de outubro celebramos uma das mais renomadas profissões do mundo, se não a mais, com dia especialmente voltado a especialistas que dedicam longas horas, enfrentando diversificadas situações, para fazer com que cada um de nós possamos enfrentar com sabedoria os desafios da vida e carreira.

Os professores são protagonistas na formação de cidadãos, já que são eles que possuem a maior fonte de conhecimento que há entre todas as profissões, e que mesmo enfrentando obstáculos contínuos, permanecem confiantes na construção de um mundo melhor.

De acordo com Pró-Reitor de Graduação da Unimar, o docente José Roberto Marques de Castro, os professores representam a educação porque sãos os precursores da transformação. “Estes educadores, na acepção da palavra, enfrentam diariamente as dificuldades encontradas na área educacional, porque nossos governantes estão enterrando a educação brasileira por não desejarem possuir uma população instruída, que vão questionar suas atitudes. Porém, nossos educadores suportam estes obstáculos e lutam para formar cidadãos”, enfatiza.

Este papel transformador é encontrado em profissionais que atuam em todas as fases da educação, sendo os responsáveis pelas primeiras letras, primeiras soluções de matemática e na construção do caráter e busca pelo conhecimento.

A ligação professor-aluno começa na na educação infantil, quando a criança é apresentada a um mundo de descobertas e interações sociais. Na educação fundamental e ensino médio, os jovens são provocados a aprender, mas não a decorar. Sendo convidados a sempre questionar e levantar hipóteses sobre tudo o que ocorre ao seu redor.

Na Universidade, estes profissionais são os responsáveis por capacitar e transmitir o conhecimento, compartilhando as características das profissões e apoiando o acadêmico a conquistar a sua melhor versão.

Essas características são encontradas em cada um dos 272 docentes que compõem os 22 cursos de graduação, nas áreas de exatas, humanas, saúde e agrárias da Universidade de Marília. Profissionais que se dedicam dia a dia ao exercício da profissão.

Ainda segundo José Roberto, os docentes da família Unimar representam a excelência profissional. “Nossos docentes são verdadeiramente educadores, porque resgatam alunos que muitas vezes chegam à Universidade despreparados, não só pedagogicamente, mas também nos aspectos éticos e morais, transmitindo carinho e afeto”, ressalta.

Origem da celebração

No Brasil, o dia 15 foi o escolhido para esta comemoração. A origem desta escolha é que nesta data no ano de 1827, o imperador D. Pedro I instituiu um decreto criando o Ensino Elementar no Brasil, tornando obrigatório a construção de escolas em todas as cidades e vilarejos do país, além de regulamentar a profissão de professor.

Mas, a data só passou a ser celebrada 120 anos depois pela iniciativa do professor paulista Salomão Becker. Ele teve a ideia de comemorar a data, confraternizando com os demais professores, em razão da necessidade de descanso do segundo semestre, que na época tinha aula de 1 de junho a 15 de dezembro.

As comemorações ganharam força e a data foi oficializada em 1963, através do decreto federal nº 52.682, onde ficou estabelecido no art. 3º “para comemorar condignamente o dia do professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo delas participar os alunos e as famílias”

Dia Mundial dos Professores

A Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) proclamou em 1994 que o dia 5 de outubro é o dia Mundial em celebração aos professores, durante conferência intergovernamental especial realizada com a Organização Nacional do Trabalho (OIT).

O objetivo da criação da data mundial foi “chamar a atenção sobre o papel fundamental dos professores na sociedade e na instrução da população”, mostrando ao mundo a importância deste profissional, que pode transformar uma vida, já que a profissão está em declínio no mundo e em muitos países não há interessados na educação, ocasionando um déficit de profissionais.

Docentes do curso de medicina Veterinária comemoram o Dia do professor com alunos

Em comemoração ao Dia dos Professores, acadêmicos e docentes do curso de Medicina Veterinária da Universidade de Marília (Unimar) se reuniram no bloco de agrárias. O objetivo foi congregar e acolher os docentes pela importância que cada um representa na formação dos alunos.

De acordo com o coordenador do curso, Fábio Manhoso os professores são os protagonistas do sucesso da Medicina Veterinária da Unimar. “São estes profissionais responsáveis pela excelente formação dos acadêmicos. Por isso, precisam ser lembrados, valorizados e motivados, pois são eles que proporcionam o alicerce para o conhecimento. É importante comemorarmos juntos este dia, já que são os alunos que nos dão a alegria de poder compartilhar aquilo que sabemos pela experiência de vida, sem deixar também de aprendermos com eles no contato diário” comemora.

A Medicina Veterinária da Unimar foi o primeiro curso privado do Estado de São Paulo e mantém a qualidade ao longo dos mais de 30 anos de tradição. E esta qualidade se dá pela excelência profissional, já que o corpo docente é formado por mestres e doutores com uma característica diferenciada, a maioria formados na própria instituição.

Há 28 anos lecionando do curso, o Prof. Rodolfo Cláudio Spers, é egresso da primeira turma de Medicina Veterinária e teve como professor, o próprio pai, o docente Alexsander Spers. “Estou na Unimar desde a primeira turma, há 33 anos, tive a honra de estudar com o meu pai e hoje leciono para meu filho, que está prestes a se formar. É um ciclo que me torna muito feliz, ainda mais por estar nesta caminhada junto a este grupo de docentes tão seleto, rico, eficiente e unido. É uma satisfação. Parabéns a todos os professores, porque resumir nosso ofício é dizer que é a profissão das profissões, porque formamos todos os que vem depois”, ressalta.

Para a docente Elma Polegato, também egressa da primeira turma de Medicina Veterinária da Unimar, formar pessoas é contribuir na história de vida de cada um. “Sempre nos lembramos dos nossos docentes na vida profissional, podemos não entender certos ensinamentos na graduação, mas somos lembrados no dia a dia, e quando um egresso retorna dizendo lembrar-se da minha aula e que isso o auxiliou em determinadas situações me afaga o coração. Tenho a certeza que estou no caminho certo, o que me dá forças para continuar ensinando. Por isso, continuo há 28 anos buscando me atualizar para oferecer o melhor a eles, já que ser professor é uma lição de vida”, conta.

Ainda segundo Fábio Manhoso, ser professor é uma responsabilidade e uma alegria. “Vejo cada aluno como filhos, onde sempre queremos o melhor para eles, tendo uma visão paternalista desejando que não passem pelas mesmas dificuldades que enfrentamos. Orgulho-me da minha profissão e a vida me fez professor na mesma Instituição onde adquiri meus conhecimentos, tudo isso me tornando inclusive uma pessoa melhor, afinal essa é uma das construções nunca terminam”, enfatiza.

Este carinho e dedicação que o corpo docente possui, reflete na aprendizagem dos alunos. Para a acadêmica do último ano, Nicole Maistro, a presença de cada docente do curso está sendo fundamental para uma formação de qualidade. “Meus pais são professores e eu sempre tive muita admiração pela profissão, porque eles são a nossa base. Aqui na Unimar os docentes estão sempre presentes, perguntando e auxiliando em qualquer dúvida. É maravilhoso, tenho imensa admiração por cada um deles e procuro me inspirar em tudo o que nos ensinam, para que um dia possa conquistar a excelência e assim, quem sabe um dia, ser uma professora reconhecida como eles”, comenta.







5 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo