Buscar
  • G1

Humorista divulga vídeo do "selinho" que motivou agressão em casa noturna em Marília. Ele


Um vídeo divulgado pela assessoria do humorista Evandro Santo, ex-Pânico, e reproduzido pelo G1 (VEJA AQUI) mostra o momento em que ele dá um beijo tipo “selinho” no homem suspeito de ser o autor da agressão que o artista sofreu na noite da última sexta-feira (18), na Cachaçaria, em Marília. O humorista alega ter sido vítima de homofobia.

A assessoria afirmou nesta quinta-feira (24) que vai processar tanto o homem que o teria agredido como pai dele, por supostamente ter incentivado o filho a cometer a agressão. O pai, segundo a assessoria do artista, não teria gostado da repercussão do beijo.

Nas imagens, Santo chama uma mulher e um rapaz para subirem voluntariamente ao palco para participarem de um dos quadros de seu stand-up. Ao explicar como funciona o quadro, o humorista dá um selinho na mulher e logo em seguida no rapaz, arrancando muitos aplausos da plateia.

Os dois convidados continuam no palco para a realização do quadro e o show segue sem interrupções.

Segundo o que foi relatado por Evandro em seu perfil no Facebook, ao sair do banheiro depois do show ele encontrou o rapaz que levou o “selinho”. No local, teria sido xingado de “viado” e levado um soco no rosto.

O humorista relatou que a agressão foi incentivada pelo pai do rapaz, que não teria concordado com o beijo no palco.

Evandro na saída do DHPP, em São Paulo

O boletim de ocorrência registrado em São Paulo, na Decradi (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância), ligada ao Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), relata os crimes de lesão corporal e homofobia, situação que passou a ser criminalizada com base na lei de racismo por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).






357 visualizações0 comentário