Buscar
  • Jcnet - Bauru

"TABULEIRO": Polícia Civil de Marília participa de operação de combate ao crime organizado


Policiais Civis de Marília também participaram da "!Operação Tabuleiro", de combate ao crime organizado. Nesta quarta-feira (30), a Polícia Civil deflagrou na região de Jaú a última fase da operação "Tabuleiro" e, além de cumprir 29 mandados de prisões (a maior parte preventiva) contra membros de uma organização criminosa que age dentro e fora dos presídios, prendeu em flagrante outras cinco pessoas ligadas ao grupo por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

A operação é decorrente de investigações feitas pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) e Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jaú desde dezembro de 2018, quando foram apreendidos 22 quilos de maconha e 2,5 quilos de cocaína com um investigado e documentos referentes ao cadastro e à contabilidade de integrantes dessa organização que agiam na região de Jaú.

"Ao longo desses dez meses de trabalho de investigação e inteligência, foram identificadas 26 pessoas que mantinham vínculo com tal facção, responsáveis direta e indiretamente pelas práticas de crimes de tortura, coação no curso do processo, lesões corporais, roubos, tentativas de homicídio, além do tráfico de drogas", conta o delegado Marcelo Aparecido Tomaz Goes, titular das duas delegacias.

"Durante esse período, 15 desses investigados acabaram sendo presos por outras práticas criminosas, especialmente o tráfico de drogas, este facilitado pela participação de seus praticantes na organização criminosa. Inobstante, também foram cumpridos em relação a eles mandados de prisões preventivas pela participação na organização criminosa".

10 quilos de maconha também foram apreendidos na Operação

LIDERANÇA

Ontem, homem apontado como liderança da chamada "área 14" foi preso na cidade de Rio Claro e levado para Jaú. Ainda segundo o delegado, dois homens foram presos temporariamente por associação para o tráfico. "Este é o principal meio de obtenção de recursos financeiros para o custeio das despesas daqueles 'cadastrados' na facção criminosa", afirma.

Para o delegado seccional de polícia de Jaú, Euclides Francisco Salviato Junior, a operação foi um sucesso. "Foi uma operação muito bem elaborada. Foi uma investigação longa, que vinha sendo feita desde dezembro do ano passado. Foi identificada uma grande parte dessa facção criminosa que age nessa área 14. E foram feitas apreensões de drogas neste período".

Por que 'Tabuleiro'?

A operação foi batizada de "Tabuleiro" em referência às reuniões do grupo criminoso, nas quais são decididos os castigos aos devedores e aos descumpridores do estatuto e realizados planos criminosos. Cerca de 70 policiais civis de todas as delegacias seccionais que compõem o Deinter-4 (Bauru, Jaú, Tupã, Lins, Marília e Ourinhos), cumpriram 18 mandados de busca e 29 mandados de prisão, a grande maioria preventiva.

No fim da tarde desta quarta-feira (30), equipes da Dise cumpriram mandado de busca em móvel no Residencial Frei Galvão, em Jaú, e apreenderam nove quilos de maconha e um quilo de cocaína. Um jovem de 21 anos foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Segundo a polícia, o entorpecente pertencia a uma associação criminosa composta por um dos alvos da "Operação Tabuleiro" e por outros três homens presos no último dia 28.


118 visualizações0 comentário