Buscar
  • Da redação

Condutor de veículo que atropelou e matou gerente comercial na Zona Oeste na noite de réveillon se a


O condutor de um veículo que causou o atropelamento e morte do gerente comercial Valdir de Oliveira, de 52 anos, por volta das 21h30 desta terça-feira (31), na Zona Oeste de Marília, se apresentou na tarde desta quarta-feira (1°) na Central de Polícia Judiciária (CPJ), em Marília.

O rapaz, cuja identidade não foi divulgada, foi ouvido pelo delegado plantonista Sebastião de Castro e liberado. Segundo informações obtidas pelo JP, ele não é habilitado e conduzia o Monza no momento do acidente. Estava acompanhado da esposa e uma criança. Ele deixou o local do atropelamento, mas a Polícia Militar conseguiu a identificação do veículo.

O rapaz relatou que a vítima adentrou a Avenida repentinamente e não houve tempo de frear o carro. Ele teria acionado um familiar que trabalha em órgão de socorro de urgência para atender o acidente. Foram solicitadas perícias no veículo.

O ACIDENTE

Conforme o Boletim de Ocorrência, pór volta das 21h30, policiais militares foram acionados para atender a ocorrência, na referida Avenida, altura do número 2.400.

No local, encontraram um veículo Gol, ano 2006, cinza, com o retrovisor esquerdo danificado e um veículo Toyota Corolla, ano 2016, branco, com a traseira danificada.

Os dois veículos estavam estacionados na Avenida, no sentido centro-bairro, sem pcupantes, com o veículo Corolla alguns metros à frente do Gol.

Os policiais militares verificaram câmeras de monitoramento de um estabelecimento comercial nas proximidades e costataram que Valdir havia sido atropelado por um veículo GM Monza, cor escura, após atravessar a avenida e colocar a chave na fechadura do Gol.

O B.O cita que o Monza estava em alta velocidade e arremessou a vítima contra a traseira do Corolla, cerca de sete metros à frente do Gol.

Valdir foi socorrido por uma unidade do SAMU e encaminhado ao Hospital das Clínicas, onde faleceu.

Ele morava no Distrito de Padre Nóbrega, era solteiro e no momento do acidente havia acabado de sair da igreja que frequenta e era obreiro. Foi velado e sepultado nesta quarta-feira no Cemitério Parque das Orquideas.

]



3.607 visualizações0 comentário