Buscar
  • Agências

Pagamento de IPVA começa nesta quinta-feira para veículos com placa final 1. Saiba como calcular val


Dono de veículo com placa final 1 deve pagar à vista ou a primeira parcela do imposto amanhã (9).

O calendário de pagamento do IPVA de 2020 no Estado de São Paulo terá início nesta quinta-feira (9), quando vence o prazo para o pagamento da primeira parcela ou do pagamento à vista para veículos com placa final 1. Quem optar por pagar à vista terá desconto de 3%. Já no caso do contribuinte que parcelar, em três vezes (em janeiro, fevereiro e março), o valor é integral. É possível ainda quitar o imposto em fevereiro, sem desconto.

Os proprietários de veículos movidos a gasolina e os carros flex recolherão 4% sobre o valor venal do automóvel. Já os veículos que funcionam somente com álcool, eletricidade e gás, ou com a combinação desses combustíveis, têm alíquota de 3%.

Os proprietários de veículos também já podem pagar o seguro DPVAT de 2020. O seguro obrigatório deve ser quitado, uma única vez ao ano, com o vencimento da cota única ou da primeira parcela do IPVA.

O pagamento dos tributos, além de eventuais multas, é indispensável para fazer o licenciamento anual do veículo, realizado diretamente no Detran-SP.

A consulta ao valor e o pagamento do IPVA podem ser realizados na rede bancária, por meio dos terminais de autoatendimento, pela internet ou diretamente nas agências. Basta ter o número do Renavam do veículo.

Também é possível verificar o valor diretamente no site da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/ipva/). Na consulta via portal, além do número do Renavam, é necessário informar a placa do veículo.

O proprietário tem até a data de vencimento da placa para quitar o imposto em cota única, com desconto, ou pagar a primeira parcela do tributo.

O contribuinte que desejar também pode optar por antecipar o pagamento dos tributos e fazer o licenciamento, sem a necessidade de esperar a data de vencimento (conforme o número final da placa do veículo).

Neste ano, a desvalorização dos veículos usados provoca redução média de 3,54% do IPVA em São Paulo. O dado é da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), que pesquisou 11.868 diferentes marcas, modelos e versões de veículos.

O contribuinte que deixar de recolher o imposto fica sujeito a multa de 0,33% por dia de atraso e juros de mora com base na taxa Selic. Passados 60 dias, o percentual da multa fixa-se em 20% do valor do imposto. Se continuar inadimplente, o débito irá para a dívida ativa.


CALENDÁRIO (*)

Final da placa - 1ª parcela ou pagamento à vista - 2ª parcela ou cota única sem desconto - 3ª parcela

1 - 9 de janeiro - 11 de fevereiro - 11 de março

2 - 10 de janeiro - 12 de fevereiro - 12 de março

3 - 13 de janeiro - 13 de fevereiro - 13 de março

4 - 14 de janeiro - 14 de fevereiro - 16 de março

5 - 15 de janeiro - 17 de fevereiro - 17 de março

6 - 16 de janeiro - 18 de fevereiro - 18 de março

7 - 17 de janeiro - 19 de fevereiro - 19 de março

8 - 20 de janeiro - 20 de fevereiro - 20 de março

9 - 21 de janeiro - 21 de fevereiro - 23 de março

0 - 22 de janeiro - 24 de fevereiro - 24 de março

(*) Vencimentos do IPVA 2020 para automóveis, caminhonetes, ônibus, micro-ônibus, motos e similares

Confira abaixo o calendário de vencimentos do IPVA 2020 de SP para automóveis, caminhonetes, ônibus, micro-ônibus, motos e similares:

Final da placa - 1ª parcela ou pagamento à vista - 2ª parcela ou cota única sem desconto - 3ª parcela

1 - 9 de janeiro - 11 de fevereiro - 11 de março

2 - 10 de janeiro - 12 de fevereiro - 12 de março

3 - 13 de janeiro - 13 de fevereiro - 13 de março

4 - 14 de janeiro - 14 de fevereiro - 16 de março

5 - 15 de janeiro - 17 de fevereiro - 17 de março

6 - 16 de janeiro - 18 de fevereiro - 18 de março

7 - 17 de janeiro - 19 de fevereiro - 19 de março

8 - 20 de janeiro - 20 de fevereiro - 20 de março

9 - 21 de janeiro - 21 de fevereiro - 23 de março

0 - 22 de janeiro - 24 de fevereiro - 24 de março


SAIBA COMO OBTER BOLETOS E CALCULAR VALORES


Todo o início de ano é igual para milhões de contribuintes brasileiros: quem é dono ou aluga um imóvel tem que pagar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e quem tem carro precisa arcar com o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Os dois tributos podem ser pagos em cotas, mas é importante conferir as opções de parcelamento e os descontos se você quiser quitar à vista.

Se você é dono de um veículo, já está mais do que na hora de consultar quanto terá de pagar neste ano. O IPVA é um imposto recolhido pelos estados e cobrado sobre o valor venal do automóvel.

No preço total dele está incluso ainda o seguro DPVAT e o licenciamento anual do carro. Os governos estaduais, por meio das secretarias de Fazenda, costumam divulgar os valores, as opções de desconto e os calendários com os vencimentos, que, em geral, seguem o final das placas dos veículos em janeiro.

Desde a última quarta-feira, dia 11 de janeiro, os consumidores do Estado do Rio de Janeiro já podem acessar e baixar o boleto no site da Fazenda estadual. Basta preencher o campo com o número do Renavam (o registro do automóvel). O próximo passo é escolher se você quer pegar em cota única (com desconto de 3%) ou parcelar em até três vezes. Depois disso, será gerado o documento com código de barras.

A mesma consulta pode ser feita diretamente no Banco Bradesco, que recebe os pagamentos no Estado do Rio. Preencha o campo do Renavam, selecione o número de parcelas e gere o boleto para impressão. Se você for correntista, pode finalizar a consulta e quitar o documento no próprio site. Caso contrário, pague a guia em qualquer agência, em dinheiro ou cheque, ou pela Internet.

Se o seu veículo está registrado no estado de São Paulo, você pode saldar o imposto em qualquer banco credenciado, seja nos terminais de autoatendimento, nos guichês, pela Internet, com débito agendado, ou outro meio disponibilizado pela instituição financeira. Basta ter o número do Renavam em mãos.

O imposto pode ser pago à vista ou parcelado em três vezes, nos meses de janeiro, fevereiro e março. Se você escolher a cota única, cujo vencimento ocorre em janeiro, terá desconto de 3%. Outra opção é pagar no mês de fevereiro em cota única, mas sem o desconto. Já o prêmio do seguro DPVAT deve ser recolhido de forma integral junto com a primeira parcela do IPVA ou juntamente com cota única.

A guia para pagamento, que pode ser obtida clicando aqui .

Boletos não são enviados pelo Correio

Em Minas Gerais, o processo é semelhante. Para efetuar o pagamento, você pode se dirigir aos guichês ou terminais de autoatendimento do Banco do Brasil, Mais BB, Banco Postal, Bradesco, Bancoob, Mercantil do Brasil, HSBC, Caixa Econômica Federal, Casas Lotéricas e Santander, informando o número do Renavam ou apresentando a guia de arrecadação. Você também pode saldar o imposto pela Internet.

Se o Renavam de seu veículo não estiver na base de dados desses bancos, utilize a guia para pagamento. Para consultá-la ou baixá-la, você pode acessar o site da Secretaria da Fazenda ou clicar aqui. Outra possibilidade é procurar uma das unidades de atendimento da Secretaria da Fazenda. Clique em para obter os telefones e endereços. A Secretaria da Fazenda de Minas ressalta que não envia boletos pelo Correio.

















475 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo