Buscar
  • Da redação

Construtoras Menin e Graphite assinam contratos do Jardim Marina. Compradores elogiam qualidade e Re


"A gente conseguiu, graças à Deus! Estamos muito felizes e até já sabemos o lugar em que vamos morar. Deu tudo certo, foi fácil de conseguir os documentos, sem burocracia”. O comentário de satisfação e agradecimento é do cabeleireiro Azonias Monteiro da Silva, 45 anos, que assinou contrato de compra da casa própria no Jardim Marina, em local privilegiado na Zona Norte de Marília.

Os namorados Gustavo e Isabela na assinatura do contrato da casa própria, ao lado do coordenador de negócios Willian Marchetti: “Não esperávamos que seria tão rápido”.

Ele festejou a conquista ao lado da esposa e também cabeleireira Patrícia de Oliveira Monteiro, 37, com quem tem 3 filhas, de 19, 15 e 7 anos de idade. “É um sonho que estamos realizando. Vamos pagar o que é da gente, porque hoje pagamos aluguel. Estamos ansiosos, mas muito felizes. Essa é uma data especial pra gente”, disse Patrícia, que já faz a contagem do tempo para pegar as chaves da casa. “A previsão é de 24 meses, mas dizem que eles adiantam bem as obras e vão entregar antes”, acrescentou.

ENTREGA ANTECIPADA

De fato, é assim. Responsáveis pelo empreendimento que terá 308 casas, a Menin Engenharia e a construtora Graphite costumam acelerar o ritmo das obras e surpreender os clientes. Esse pode ser considerado um dos pilares dessas empresas, que são tradicionais na cidade e primam pela qualidade daquilo que fazem. “Sempre entregam antes do prazo contratual. O (Residencial) Montana teve casa entregue com 11 meses de antecipação; o Lírios, com 5 meses”, exemplificou Willian Marchetti, coordenador de negócios da Menin.

Gustavo e Isabela já adquiriram a casa ainda na fase de namoro: "não esperávamos que a assinatura do contrato fosse tão rápida"


EMPRESAS SÉRIAS

“Posso dizer que somos sortudos e privilegiados. O comentário geral é que a Menin e a Graphite têm muita responsabilidade, são empresas boas, sérias e entregam as obras sempre antes”, reforça Azonias. Outro casal também feliz da vida com a assinatura do contrato no Jardim Marina foi Gustavo Lopes, 22 anos, e Isabela Medeiros, 25. Eles ainda namoram, mas estão cheios de planos. “Não esperava que seria tão rápido”, disse ele, que num piscar de olhos viu a documentação aprovada e foi chamado para fechar o contrato, com aval da Caixa Econômica Federal.

Clientes foram assinar os primeiros 78 contratos do 1.o módulo do Jd. Marina, que terá 154 casas: venda em tempo recorde de 12 dias.

Willian e Amanda também adquiriram o imóvel no Jardim Marina e elogiaram qualidade da Menin Engenharia

TUDO DE PRIMEIRA

Willian explicou que as casas foram projetadas com 2 dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço coberta, em “terreno inteiro, não meio terreno, padrão 8m x 20m”. Como não são casas geminadas, a ventilação é perfeita e a construção mais arejada. “E já vem com laje, piso cerâmico, azulejo nas áreas molhadas, como banheiro, cozinha e lavanderia, sem falar nos materiais utilizados na obra, todos de primeira linha (Suvinil, Sasazaki, Tigre etc.)”, destacou o coordenador de negócios. “Tanto que a garantia contratual que as construtoras dão perante a Caixa é de 5 anos de garantia no imóvel, porque elas entendem que a melhor manutenção é não dar manutenção”.

LOCALIZAÇÃO PRIVILEGIADA

A localização do Jd. Marina é ‘um achado’, como se diz popularmente, em uma região da cidade que já tem de tudo ao redor: supermercado, escolas, ônibus, posto de saúde e até indústrias. “Isso contou tanto que a aceitação foi fantástica: o 1º módulo, com 154 casas, foi vendido em apenas 12 dias”, comentou Willian. Os primeiros 78 contratos estão sendo assinados esta semana e a venda dos próximos módulos segue com inscrições abertas.

Carlos Alberto Traballi, gerente da Caixa e Willian Marchetti, diretor de vendas da Menin Engenharia


COMO SE INSCREVER

“Os interessados podem procurar qualquer imobiliária da cidade ou o corretor de confiança, credenciado pelo Creci, além do nosso escritório na Av. Nelson Spielmann, 910, a um quarteirão do Colégio Sagrado, no Centro”, explicou Willian. É só levar a documentação pessoal, comprovante de endereço, estado civil e renda e fazer a simulação dos valores. “Tendo o Ok da Caixa, é feito o encaminhamento para assinatura do contrato e consumação do negócio”, disse.

MUITOS BENEFÍCIOS

O Jardim. Marina é empreendimento declarado de interesse social e, portanto, tem vários benefícios: isenção do ITBI (imposto municipal sobre transação imobiliária) e do IPTU por 3 anos; custo zero com despesas de cartório (que as construtoras estão bancando); subsídio do programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal que pode passar dos R$ 20 mil; e um desconto no valor do imóvel, que, no 1º módulo, foi de R$ 10 mil (também custeado pelas construtoras). “Quem quer casa própria, essa é a hora e o negócio mais indicado”, frisou Willian, lembrando que a construção das casas “começa em questão de dias”. Inscrições também podem ser feitas por meio do site oficial da Menin: https://menin.com.br/empreendimento/residencial-jardim-marina.


Fotos: divulgação - Colaboração Hora H Notícias









28 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo