Buscar
  • Da Assessoria

Prefeito Daniel Alonso lança o Programa Ronda Azul, com instalação de alarmes e cerca de mil câmeras


O grande objetivo do programa é dar mais segurança aos prédios públicos municipais, através da instalação de câmeras e alarmes


O prefeito Daniel Alonso vai lançar oficialmente nesta segunda-feira, dia 16, a partir das 9h30, no auditório da Prefeitura de Marília o Programa Ronda Azul, com objetivo de dar mais segurança aos prédios públicos municipais, através da instalação de câmeras e alarmes.

Além do chefe do Executivo, a solenidade de lançamento vai reunir diversas autoridades, como vereadores, secretários municipais e representantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Acim (Associação Comercial e Industrial de Marília) e Comus (Conselho Municipal da Saúde), entre outras.

O programa foi desenvolvido pela Secretaria Municipal de Tecnologia da Informação, atendendo solicitação do prefeito.

O Ronda Azul prevê a instalação de câmeras de segurança e alarmes nos prédios públicos municipais, como escolas, unidades de saúde, serviços da Sads (Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social), Ganha Tempo e secretarias municipais externas, como Cultura; Esportes, Lazer e Juventude; Meio Ambiente e Limpeza Pública; Obras Públicas; Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico; entre outros.

O programa irá contemplar também o Terminal Rodoviário Urbano, que já conta com 17 câmeras e passará para um total de 30 câmeras.

Além da instalação das câmeras e dos alarmes, o Programa Ronda Azul terá um Centro Operacional, que irá funcionar 24 horas por dia. O projeto terá também uma linha 0800 à disposição da população, que entrará em funcionamento após a inauguração desse Centro Operacional, prevista para 60 dias. A linha terá o número 0800-343-2800.

O prefeito informou que serão instaladas cerca de 1.000 câmeras de segurança e alarmes. “O programa vai contemplar praticamente todos os prédios públicos municipais, que certamente ficarão mais seguros. Vamos investir aproximadamente R$ 950 mil nesse programa e tenho certeza que será um grande sucesso.”

Já o secretário municipal de Tecnologia da Informação, Eduardo Yamamoto, informou que a central de videomonitoramento terá capacidade para armazenar

360 terabytes de imagens. “Será mais um grande avanço da nossa cidade na área de Tecnologia da Informação. Estamos atendendo solicitação do prefeito Daniel para darmos mais segurança aos prédios públicos municipais, que na realidade pertencem à própria população de Marília. Cada local que integrar o Programa Ronda Azul terá um kit, formado por câmeras, alarmes, placa indicativa do monitoramento e um LED Azul.”

De acordo com o secretário, o programa será conduzido pelos Agentes Municipais de Vigilância Patrimonial, com todo apoio da Coordenadoria de Serviços de Vigilância, vinculada à Secretaria Municipal de Administração, e da Polícia Militar.








14 visualizações0 comentário