Buscar
  • Da redação

Prefeito Daniel Alonso quer comprar dez mil testes rápidos de coronavírus "ou o que for preciso


O secretário municipal da Saúde, Ricardo Mustafá, disse nesta quarta-feira (1°) que Marília está adquirindo kits de testes do coronavírus para a população.

"O que mais recebo nesse momento são ofertas de vendas de kits, mas temos que analisar a qualidade deles. Não posso comprar gato por lebre. Temos dinheiro para investir, mas temos que fazer com responsabilidade", explicou.

Mustafá disse que expectativa é realizar até 15 testes de biologia molecular (mais profundos) por dia. "Isto já está sendo finalizado pelo convênio. Já os testes rápidos, quando chegarem, terão uma margem maior de atendimento. "Começaremos com um lote de mil kits de testes rápidos e iremos aumentando gradativamente".

O prefeito Daniel Alonso complementou a resposta do secretário e disse que se os testes rápidos forem eficazes, "comparemos mais dez mil deles ou o que for necessário".

Ele considerou que a realização de 15 testes por dia, hoje, são suficientes, considerando-se que surgem em média cinco casos suspeitos por dia.

A Prefeitura já efetivou um convênio com um laboratório particular para realização de testes do coronavírus, com critérios técnicos de avaliação de pessoas que são submetidas aos testes. Os casos mais graves já foram testados.

"Quanto mais gente testarmos e detectar onde estão os pacientes, terenos melhores condições de combater a pandemia", disse Mustafá.








14 visualizações0 comentário