Buscar
  • Assisnews

Bancário que morreu com suspeita de coronavírus em Assis é sepultado sem velório


Foi sepultado na manhã desta quinta-feira, dia 9 de abril, no Cemitério Municipal da Saudade, em Assis, o corpo do gerente da agência do Banco Itaú, Claudinei Pereira da Silva, de 55 anos, que morreu no final da tarde desta quarta-feira, na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital e Maternidade de Assis, onde ele encontra-se internado desde o dia 22 de março, com suspeita de coronavírus.

Funcionários do Cemitério Municipal trabalharam com equipamentos especiais de proteção no sepultamento. Somente a esposa, filhos e mais duas pessoas puderam se despedir.

A Secretaria Municipal da Saúde aguarda a confirmação do Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, para saber se a causa da morte, de fato, foi a COVID-19.


29 visualizações0 comentário