Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

DIG prende homem que tentou matar deficiente auditivo com vários golpes de faca na Zona Sul de Marí



A Delegacia de Investigações Gerais (D.I.G.) de Marília, efetuou nesta segunda-feira (22), a prisão de um pintor de paredes de 48 anos, morador no bairro Nova Marília, na Zona Sul, pela prática de homicídio qualificado tentado, ocorrido na madrugada da última quarta-feira (17),na Avenida João Ramalho. Na data dos fatos, após desentendimento por motivos pendentes de melhor esclarecimento, o autor teria desferido cerca de sete golpes de faca na vítima Saulo dos Santos, 37 anos, que é deficiente auditivo e conhecido por pedir dinheiro em semáforos.

O delegado titular da DIG, Valdir Tramontini, informou na Nota que o crime somente não se consumou por circunstâncias alheias à vontade do agente, eis que houve intervenção de terceira pessoa que o teria desarmado. A vítima foi socorrida ao Hospital das Clínicas onde passou por cirurgia de grande porte, e estaria sedada, mas ao que consta não corre perigo de morte. Trata-se de prisão temporária de 30 dias, requerida por este delegado de polícia, para garantir uma melhor apuração dos fatos. O capturado (que registra antecedentes por furtos, roubos, porte de arma e tráfico de entorpecentes) confessou a autoria delitiva, mas alegou legítima defesa, e foi encaminhado à carceragem da CPJ local, para posterior remoção à Cadeia Pública de São Pedro do Turvo. O crime de homicídio qualificado (mediante meio cruel em face do número de golpes) prevê pena de 12 a 20 de reclusão, com redução de um a dois terços pela não consumação. Os dados do elemento preso não foram divulgados devido à Lei de Abuso de Autoridade.







23 visualizações0 comentário