Buscar
  • JCNET

Cidade da região ignora o governador Doria e mesmo na fase vermelha reabre o comércio


A Prefeitura de Pirajuí decidiu ignorar o rebaixamento da região para a fase vermelha do Plano São Paulo, que libera apenas o funcionamento de atividades essenciais. Nesta terça-feira (30), o município publicou decreto autorizando abertura do comércio, restaurantes, lanchonetes, bares e salões de estética e beleza, com restrições.

O anúncio do rebaixamento da região do Departamento Regional de Saúde (DRS-6) da fase laranja para a fase vermelha foi feito pelo governo do estado na última sexta-feira (26). Com isso, 68 municípios, entre eles Pirajuí, deveriam endurecer as medidas restritivas já a partir desta terça-feira, permitindo somente o funcionamento de comércios como supermercados, padarias, açougues, farmácias, lojas de produtos para animais, oficinas, casas lotéricas, postos de combustível e serviços de construção civil.

Porém, o Executivo de Pirajuí adotou posicionamento diferente e, por meio de decreto, decidiu autorizar a abertura do comércio durante a semana, das 10h às 16h, com fechamento aos finais de semana e feriados. O uso de provadores está proibido. Restaurantes, bares e lanchonetes também estão liberados para atender o público de segunda a sexta-feira, das 11h às 15h ou das 18h às 22h. Os estabelecimentos deverão exigir a utilização de máscaras, disponibilizar álcool em gel e controlar a entrada dos clientes.

Para as barracas de lanche, o limite é de quatro horas diárias ininterruptas, durante a semana, até às 22h. Nos fins de semana, fica permitida apenas a venda por delivery e drive thru. Salões de estética e beleza e estúdios de tatuagem podem abrir das 15h às 19h, atendendo só um cliente por vez. As igrejas e templos estão autorizadas a realizar celebrações e cultos presenciais com o máximo de 30% de sua capacidade. Academias devem ficar fechadas, exceto para atender pessoas em tratamento de saúde.


35 visualizações0 comentário