Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Emendas parlamentares garantem ao Hospital Beneficente da Unimar renovar parque tecnológico do SUS


Momento em que os profissionais do HBU passam por treinamento sobre uso do

microscópio OPMI Sensera Zeiss

Deputados federais Sinval Malheiros, Milton Monti, Guilherme Mussi e Walter Ihoshi destinaram R$ 2,8 milhões para compra de equipamentos utilizados no atendimento a pacientes do Sistema Único

Nos últimos dias o HBU-Hospital Beneficente Unimar comprou equipamentos para recompor o ‘parque tecnológico’ destinado ao atendimento de pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde). A aquisição foi possível graças a R$ 2,8 milhões destinados por meio de emendas parlamentares pelos deputados federais Sinval Malheiros, Milton Monti, Guilherme Mussi e Walter Ihoshi ao Hospital.

Os equipamentos são microscópio cirúrgico, aparelho de anestesia, sistema de vídeo endoscopia (muito utilizado nos procedimentos de videolaparoscopia), focos cirúrgicos, elevador de transposição, carrinhos de emergência, camas elétricas, dez ventiladores pulmonares (respiradores), muito usado atualmente devido à pandemia de covid-19 e uma calandra, máquina usada na lavanderia.

Segundo Márcia Mesquita Serva Reis, superintendente HBU, os equipamentos adquiridos estão chegando exceto os Ventiladores Pulmonares que ainda não temos uma posição concreta do fornecedor e todos vão beneficiar os atendimentos em diferentes especialidades, por meio do SUS. Um exemplo disso, é o Sistema de Vídeo Endoscopia (videolaparoscopia). “O HBU é referência em cirurgias bariátricas para o SUS e cirurgias do aparelho digestivo e sempre que possível de acordo com a indicação e necessidade de cada paciente, realizamos essas cirurgias por vídeo para diminuir os riscos cirúrgicos e o tempo de internação; daí a importância de adquirir esse aparelho”, ressaltou Márcia.

Outro item importante adquirido por meio das emendas é o elevador de transposição. “No caso deste equipamento, vale ressaltar que eles garantem maior conforto e segurança aos pacientes que vão passar por procedimento bariátrico, além do auxílio para a equipe de profissionais que assistem esses pacientes”, explicou.

Márcia fez questão de agradecer o empenho dos parlamentares, que destinaram os recursos, pois demonstra a preocupação deles para com as pessoas que precisam do serviço público. “Essas emendas mostram que eles tiveram a sensibilidade de observar as necessidades do hospital na prestação dos serviços por meio do SUS, que atinge a maior parte da população da nossa cidade e da região”, finalizou.

TREINAMENTO

Na medida em que estão chegando os equipamentos, a equipe do HBU está passando por treinamentos, para aproveitar ao máximo o que os aparelhos podem oferecer. Neste sentido, foi realizada uma orientação para a utilização do microscópio cirúrgico OPMI Sensera Zeiss, muito utilizado por neurocirurgiões e por otorrinolaringologistas.

Segundo o fabricante, o OPMI Sensera se diferencia no mercado por conta de sua versatilidade, facilidade de manejo durante os procedimentos e por utilizar o sistema Varioskop, que dispensa a troca de lentes durante as cirurgias, algo comum nos modelos utilizados até então. Este sistema permite o foco automático da lente durante o trabalho, que varia entre 200 e 400mm.

Outro diferencial é o sistema próprio de vídeo e sistema de “carona”, que permite que outro cirurgião auxilie simultaneamente a operação, além de garantir o acompanhamento de médicos residentes que estejam se especializando.

Para o neurocirurgião e doutor Ruy Okaji, que atua no HBU desde 2004, com a aquisição deste equipamento, haverá uma melhora sensível na qualidade das técnicas cirúrgicas, oferecendo menor risco possível ao paciente.

Já o também neurocirurgião doutor Osmi Hamamoto, que integra o HBU desde sua inauguração, o microscópio promoverá uma diminuição na duração dos procedimentos e maior precisão por parte da equipe técnica, trazendo um maior conforto ao cirurgião e, por consequência, mais segurança ao paciente.




2 visualizações0 comentário