Buscar
  • Passando a Régua - Ourinhos

Pedreiro mata homem a facada na região após confusão sobre pagamento por programa sexual


Um homem de 44 anos morreu, na noite deste sábado, 18, com uma facada no peito, após se envolver em uma confusão entre um pedreiro de 51 anos e uma suposta garota de programa de 20 anos, em Chavantes.

De acordo com o que foi registrado pela Polícia Civil de Ourinhos, Aguinaldo Américo da Silva teria recebido uma facada do pedreiro Cícero Alves, por volta das 23h de ontem (18), no cruzamento das Ruas João Martins e Tomaz Galat, no centro de Chavantes.

Pelo o que foi apurado pelos policiais, a suposta garota de programa Shayene Faustino da Silva, na noite deste sábado, 18, teria realizado um programa com Cícero e pegou o cartão de crédito do “cliente”, além de dizer que iria contar à esposa de Cícero a realização do tal programa sexual.

O pedreiro então foi até a sua casa e ele mesmo teria contado a situação para a sua esposa e voltou ao local dos fatos para reaver o cartão bancário, que estava com Shayene. O homem contou aos policiais, que ao chegar onde Shayene estava, cerca de cinco pessoas foram "para cima" dele e ele se apossou de uma faca para se defender e na confusão desferiu uma facada em Aguinaldo que teria tentado defender Shayene, que também desferiu um golpe de faca que acertou Cícero na orelha.

Ferido, Cícero foi até à Santa Casa de Chavantes, onde recebeu atendimento e fez a sutura no local do ferimento. Já Aguinaldo, que era conhecido pela alcunha de “cozido”, foi socorrido pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas não resistiu ao ferimento e veio a óbito na Santa Casa de Chavantes, por volta das 23h55.

Quando a polícia chegou ao local da confusão, Aguinaldo já estava inconsciente, nos braços de Shayene, que afirmou que Cícero havia dado uma facada em Aguinaldo e ela teria usado um facão para defender o homem e acertou um golpe em Cícero. A mulher disse não saber o motivo da briga.

Na Santa Casa, Cícero deu sua versão aos policiais , dizendo que fez o programa com Shayene pela quantia de R$10,00, sendo que no final do programa ela teria cobrado R$ 50,00 e em razão de não ter o dinheiro, a garota pegou o seu cartão bancário e começou toda a confusão relatada acima. O pedreiro disse ainda que no meio da confusão não sabia que tinha dado ou não a facada em Aguinaldo e que sua esposa teria ido com ele no local, mas ficou o tempo todo no carro.

Cícero foi indiciado por homicídio simples, preso em flagrante e encaminhado à cadeia pública de São Pedro do Turvo, onde fica à disposição da justiça.

Fonte: BO 1272/2020




34 visualizações0 comentário