Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Dise prende quatro e desbanca esquema de tráfico de drogas sintéticas na Zona Norte de Marília

Operação eficiente da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) de Marília, nesta quinta-feira (27), resultou nas prisões de três elementos maiores e um menor de idade.

Nas buscas, no Jardim Paulista, agentes detiveram um adolescente que vendia drogas sintéticas. Ele estava em um quarto onde dormia outro menor. No local foram localizadas porções de maconha e cocaína e 4 selos de LSD, quatro comprimido de ecstasy amarelos, seis azuis e dois verdes.

Os policiais apreenderam também um celular com carregador e R$ 83. Cada porção de ecstasy era vendida entre R$ 35 e R$ 65, dependendo se nacional ou importada.

Os agentes descobriram que um dos fornecedores das droga era um indivíduo conhecido como "Bart", que foi preso na casa dele, no Jardim Santa Antonieta. No local, os policiais localizaram uma sacola

plástica contendo cocaína em pó e ainda 03 invólucros grandes com cocaína (cerca de 150 gramas) além de um pote contendo maconha esfarelada, do tipo “Skank” e porções a granel e um saco contendo nove selos de LSD; um saco plástico contendo 26 comprimidos de ecstasy na cor verde; um saco plástico contendo 59 comprimidos de ecstasy na cor verde; um saco plástico contendo 38 comprimidos de ecstasy na cor amarela; um saco plástico contendo 43 comprimidos de ecstasy na cor azul escuro; um saco plástico contendo 16 comprimidos de ecstasy na cor azul clara; um micro-balança na cor prata e preta; 01 mini balança, na cor prata, saquinhos plásticos comumente utilizados na embalagem de drogas; uma seladora a vácuo na cor preta, na marca RG 300-B; uma agenda com anotações de nomes, valores e quantidade indicativa de contabilidade do tráfico de drogas; e dois aparelhos celulares.

Ainda na operação, foram presos mais dois elementos, um de 26 anos e outro de 23 anos, com várias porções de skank (maconha potencializada). Cada grama da droga era vendida por R$ 40. Também foram apreendidos um veículo com fundo falso para transporte das drogas e uma balança de precisão.

Tudo foi encaminhado à CPJ, onde o menor ficou apreendido e os três maiores presos por tráfico de drogas.





33 visualizações0 comentário