Buscar
  • Redação

MDB fará reunião e deve indicar o atual vice Tato como candidato a prefeito. Há quase dois anos ele


Tato e Alonso: união e racha no atual mandato

O MDB programou reunião na próxima quinta-feira (3), para definir os rumos do partido nas eleições municipais de novembro próximo e deve confirmar o presidente da legenda em Marília, atual vice-prefeito Tato Ambrósio, como pré-candidato à Prefeitura. O nome do vice na chapa ainda não foi divulgado oficialmente e o partido deve lançar, além da chapa majoritária, a de candidatos a vereadores na convenção que deverá ocorrer entre os dias 12 e 13 próximos.

RACHA COM ALONSO

Tato foi candidato a prefeito de Marília em 2012, quando obteve 7.705 votos, com a advogada Adriana Ferrari como candidata a vice.

Em 2016, ele se uniu a Daniel Alonso (PSDB) que havia conseguido 23.004 votos para prefeito em 2012 e juntos, somando 50 113 votos, derrotaram o então prefeito e candidato à reeleição, Vinícius Camarinha (PSB), que obteve 48.218 votos.

Em novembro de 2018, Tato anunciou seu rompimento com Alonso. Desde então, há quase dois anos, nunca mais pisou os pés na Prefeitura e não participou de mais nada na atual gestão, mas continua recebendo religiosamente em dia poupudo salário de cerca de R$ 13 mil por mês. Ou seja, já embolsou quase R$ 270 mil dos cofres públicos nesse período.


25 visualizações
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo