Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Com foco no apoio ao comércio e indústria, Paulo Alves será o candidato a vice na chapa de Camarinh


O jovem comerciante Paulo Alves (PP) será o candidato a vice-prefeito na chapa de Abelardo Camarinha (Podemos) nas eleições deste ano. A homologação da chapa acontecerá em convenção partidária, neste sábado.

Atuando há mais de 20 anos no comércio, Paulo Alves aponta a necessidade de apoio a este segmento. "Entendemos que é preciso revitalizar boa parte do centro comercial de Marília, especialmente os quadriláteros da hoje abandonada Praça São Bento, passando pelo Camelódromo, na mesma situação, seguindo pela Rua 9 de Julho até a Avenida Santo Antonio".

Paulo Alves menciona ainda a necessidade dos mesmos serviços no eixo da Rua Coronel Galdino de Almeida e nos corredores comerciais da Avenida República (Zona Norte) e da Avenida João Ramalho (Zona Sul).

"São necessários urgentemente trabalhos de modernização da iluminação pública, trânsito e mobilidade nos redutos comerciais, com mais segurança para os consumidores e comerciantes. Temos esta visão pela nossa experiência na área e convívio diário no setor", afirmou Paulo Alves.

ZONA AZUL E LEGIÃO MIRIM

Ainda sobre o comércio central, ele falou que é preciso reativar o sistema de estacionamento Zona Azul e a parceria com a Legião Mirim de Marília, proporcionando maior rotatividade e organização nas vagas de estacionamento e gerando centenas de empregos para jovens e adolescentes. "Hoje, não existe organização nenhuma no sistema de estacionamento, uma farra que irrita motoristas e prejudica o comércio", observou.

Também para o centro comercial, Paulo Alves defende a implantação da Guarda Municipal, para reforçar a segurança.

DISTRITOS INDUSTRIAIS

O comerciante entende também que para a geração de novos empregos e renda e incentivo ao desenvolvimento de Marília, é necessário recuperar por completo os Distritos Industriais da cidade, especialmente o de Padre Nóbrega, onde há até depósitos de lixo e entulhos, em meio à ruas sem iluminação e asfalto.

"Uma lástima o que ocorre hoje. Dá até vergonha mostrar aquele cenário de abandono para empresários que vêm de fora com a intenção de investir em Marília. É preciso reestruturar e revitalizar o Distrito Industrial, da forma como era quando implantado pelo então prefeito Camarinha", afirmou Paulo Alves.

















57 visualizações0 comentário