Buscar
  • Assessoria

Unimar realizou a 13ª edição da Semana de Estudos da Educação Física, com aperfeiçoamento de docente


O curso de Educação Física da Universidade de Marília (Unimar) realizou a 13ª edição da Semana de Estudos SEMEFAR. O evento online teve como objetivo contribuir, através da experiência profissional dos palestrantes, com o desenvolvimento das habilidades dos acadêmicos, bem como dos docentes e profissionais da área. O evento acadêmico também foi realizado para celebrar o dia do profissional educador físico, comemorado no início do mês.

De acordo com o docente do curso de Educação Física, Pedro Henrique Rodrigues, a SEMEFAR vem de encontro com a comemoração do dia do educador físico e é idealizado para promover ainda mais conhecimento para os futuros profissionais. “O dia 1º de setembro é muito importante para nós, profissionais de educação física, e para celebrar realizamos a semana de estudos, que faz alusão a esta data, para proporcionar aos estudantes contato com profissionais que estão em diferentes setores, porque é uma área bem abrangente”, conta.

Ainda segundo o Docente, a semana de estudos é uma tradição do curso e sua realização é ainda mais importante neste momento, em que os profissionais precisaram se readaptar. “Apesar de todas as dificuldades, estamos seguindo com o calendário e todos os objetivos que traçamos no início do ano. A semana de estudos faz parte do calendário acadêmico e se fez ainda mais importante, porque possibilitou aos alunos a atualização, porque precisamos estar prontos para encarar o novo momento. Foi muito bom e possibilitou darmos sequência aos nossos estudos, mostrando que a Universidade está pronta para vivenciar este momento”, destaca.

Segundo a Coordenadora do curso de Educação Física da Unimar, Regina Célia David Galvani, a Semana de Estudos foi mais uma vez grandiosa. “Apesar de toda adaptação que tivemos que fazer, a 13ª edição do SEMEFAR foi muito importante. Vale destacar todo o esforço da Unimar para proporcionar estas inovações para os acadêmicos porque a tecnologia precisa ser utilizada a nosso favor e esta é a ocasião para utilizarmos, já que as palavras do momento são: inventar e renovar”, finaliza.

A SEMEFAR teve início na terça-feira com a participação do Presidente do Conselho Regional de Educação Física de São Paulo (CREF/SP), Nelson Leme da Silva Júnior, que em sua palestra apresentou aos acadêmicos a “Regulamentação da Profissão de Educação Física”. No segundo dia, a palestra foi da Educadora Física Áide Angélica de Oliveira Nessi sobre “Os idosos do Século XXI: uma visão gerontológica para atividades física.

No terceiro dia, o tema a palestra foi “Treinamento funcional de alta intensidade: Característica de um modelo eficaz de trabalho”, ministrado pela Educadora Física Caroline Castro. Para encerrar a Semana de Estudos da Educação Física, os participantes receberam o Educador Físico Renan de Lima Pinto, sobre a “Preparação Física no Futebol Moderno”.

Para o acadêmico do segundo termo da graduação, Luis Fernando Chagas Batista, a Semana de Estudos proporcionou bons contatos e contribuiu com a ampliação dos horizontes profissionais. “Percebi uma organização muito bacana, profissionais extremamente capacitados e que dominam a temática ao qual são solicitados, e sobretudo, a dinâmica das palestras foram

muito didática e de fácil absorção quanto aos conteúdos. Foi muito importante este curso de extensão, em que se dá no sentido de ampliar ainda mais a nossa visão, nos levando ao conhecimento de diversas áreas de atuação e capacitando ainda mais no processo de graduação, nos preparando para o mercado de trabalho”, diz.

Ainda segundo o acadêmico, a Semana de Estudos comprovou a preocupação que a Unimar possui em preparar os acadêmicos para o mercado profissional. “O processo ensino/aprendizagem deve ser contínuo e efetivo, tanto para o docente quanto ao discente, e isso a Unimar tem realizado com maestria. A manutenção dos estudos e demais cursos, independe da pandemia é crucial e imprescindível para que possamos continuar nesse processo de capacitação, e não perdermos o foco em nossa formação”, complementa.





3 visualizações0 comentário